Cia de Dança de Cubatão é campeoníssima do Festival Bravos Excellence

A Cia de Dança de Cubatão sagrou-se a equipe campeã do Festival Bravos Excellence, de São Paulo, no último fim de semana. Os bailarinos venceram em sete categorias diferentes, tiveram duas coreografias classificadas em segundo lugar, além das premiações especiais como: Melhor bailarino e menção honrosa. A diretora artística da Cia, Vanessa Toledo, também destaca a premiação de “Melhor Conjunto de Obras”, que contempla equipes que se evidenciam de uma maneira geral na competição.

Foram três dias de disputas. Mais de 180 coreografias levadas por companhias de todo o Brasil. A Cia de Cubatão conquistou o 1º lugar com os seguintes trabalhos: “Amores crônicos”, de Zeca Rodrigues – Jazz conjunto avançado; “Woman skin”, de Natali Camolez – Contemporâneo Conjunto Avançado; “Do you Remember?”, de Claudionor Alves – Estilo Livre Conjunto Avançado; “Apenas…”, de Flavia Sá – Contemporâneo duo avançado; “ Por que?”, de Flávia Sá – Contemporâneo solo masculino avançado; “Efêmero”, de Flávia Sá – Contemporâneo solo feminino avançado; e “O que dizer do amor?”, de Claudionor Alves – Jazz solo masculino avançado.

A Cia ficou em segundo lugar com as montagens “Experimento 1.2”, coreografada por Natali Camolez – Estilo livre duo avançado e “ Por querer-te”, de Zeca Rodrigues – Jazz solo feminino avançado. Já com as premiações especiais foi contemplado como Melhor bailarino, o artista Jey Santos. Ele recebeu isenção na taxa de inscrição para a seletiva Valentina Koslova. Já a bailarina Flavia Sá recebeu menção honrosa. Além disso, a Cia foi indicada a outros prêmios: Melhor coreógrafo para Zeca Rodrigues, Natali Camolez e Flávia Sá; Claudionor Alves para melhor bailarino; e Yasmin Matos como melhor bailarina.

Para Vanessa Toledo, o bom desempenho da Cia reflete o comprometimento de todos da equipe e mostra que a arte supera qualquer dificuldade. “Claro que as premiações são importantes e tem um peso muito grande no desenvolvimento do trabalho de uma Cia. Mas quando a gente vê no palco, que todo seu esforço e trabalho acontecem com verdade e mesmo antes dos resultados tem a certeza de dever cumprido, aí sim a emoção não cabe no peito!”, disse, emocionada. Para este Festival, a Cia de Dança contou com o apoio das Lojas Caliman.

*Morgana Monteiro/Foto Renato Hatsushi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s