Rodrigo Savazoni: Memórias da Tarrafa Literária (Parte 1)

Por Rodrigo Savazoni*

Na coxia do Teatro Guarany, um pouco antes de subirmos ao palco, conheci o escritor Pepetela e sua esposa Filomena. Tivemos uma conversa amistosa e lhes revelei que em meu index afetivo ‘Geração da Utopia’, de Pepetela, era um duplo de ‘A Condição Humana’, de André Malraux.

Um pouco pelo estilo, porque são romances políticos, gênero pouco explorado no Brasil, mas sobretudo por retratarem o sonho e seu fim a partir de um olhar de dentro da luta social.

0Perguntei a ele se Malraux foi uma influência e ele disse: “sem dúvida”. Rememorou que o leu em francês quando viveu em Argel, antes de ingressar na guerrilha e, posteriormente, no governo de Angola. Pepetela citou então o aforismo de Malraux: “o século XXI será espiritual. Ou não será”.

Disse que, tomado pelo agnosticismo que marca as esquerdas, especialmente a comunista, não compreendeu o que o escritor francês e ex-ministro de De Gaulle dizia. Mas naquela coxia, disse que agora tudo fazia muito mais sentido.

A questão é que Malraux, nesse artigo de 1955, em que trata do século que estaria por vir (este em que agora vivemos), reclamava justamente aquilo que espiritualidade pode evocar em nós: tolerância e compreensão.

Em sua visão de maturidade, ele que lutara nas brigadas internacionais da Guerra Civil Espanhola e ao lado dos anti-colonialistas na Indochina, passou a ver que “o principal adversário da tolerância não é agnosticismo, mas o maniqueísmo”.

Para mim, faz muito sentido pensar a espiritualidade como essa dimensão que nos leva além de nós (transcender) e, por isso, então, compreender e tolerar o outro. Nesse movimento, a alteridade nos ajuda a combater o maniqueísmo, essa expressão binária redutora que nos torna vis, sem que percebamos.

*Escritor, jornalista e realizador multimídia. Como autor, escreveu ‘Os Novos Bárbaros – A aventura política do Fora do Eixo’, ‘Poemas a uma mão’, ‘Culturadigital.com.br’, e escreveu artigos para outras publicações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s