Curta com roteirista cubatense Valéria Silva ganha prêmio em Los Angeles

Por Christiane Castanheira

A atriz cubatense Valéria Silva mora há dois anos e meio em Los Angeles, nos Estados Unidos, local que escolheu para realizar seu sonho de escrever um curta metragem. Ela conta que, além de atuar, sempre gostou de escrever roteiros e histórias, então, decidiu junto com sua amiga Paula Soveral falar sobre um tema polêmico: o tráfico de mulheres. Assim surgiu o curta ‘Red Souls’. “A intenção desse curta é relatar a triste realidade de mulheres que passaram por essa situação e também alertar as pessoas sobre esse assunto”, conta Valéria.

 

a2As amigas demoraram cerca de seis meses para finalizar o roteiro e cerca de um ano para finalizar o filme. O curta conta a história de Sara, uma dançarina brasileira que passava por dificuldades financeiras e conseguiu uma oportunidade de emprego nos Estados Unidos. Chegando lá, viu que a realidade era outra e foi obrigada a se prostituir.

Esse trabalho deixou Valéria com a sensação do dever cumprido, como ela mesmo alega. “Foi uma das melhores experiências da minha vida e estou muito feliz depois de ver o resultado desse projeto”. ‘Red Souls’ foi indicado e premiado como melhor curta metragem internacional no Los Angeles Film Festival 2016. Além das produtoras e roteiristas Valéria Silva e Paula Soveral, a obra tem direção de Aditya J. Patwardhan.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s