Cláudia Vieira lança álbum ‘Entre Tantos Entretantos’ nas plataformas digitais

Por Ana Carolina de Freitas

A cantora Cláudia Vieira, legítima representante dos talentos musicais de Goiás, presenteia mais uma vez o público com o lançamento oficial, nas principais plataformas digitais, do seu novo álbum “Entre Tantos Entretantos”. A distribuição será feita pela OneRPM a partir do dia 25 de novembro. “O público estava cobrando e então decidimos fazer esse lançamento digital. Este álbum é muito especial pra mim. Tenho certeza que muita gente vai se identificar com ele, pois é pertinente a todos nós que estamos vivos”, conta a artista.

Liberdade, poesia, letras fortes e melodias marcantes é a receita para a escolha do repertório do 3º álbum da carreira solo de Claudia. Produzido pelos músicos Fred Valle e Henrique Reis, nele, a cantora interpreta 11 canções de autores goianos, acompanhada de Bruno Rejan (baixo axústico e elétrico), Fred Valle (bateria e percussão); Henrique Reis (acordeon, piano, violões e guitarra), Sérgio Pato (percussão) e ainda um quarteto de cordas composto por Larissa Mattos, Marcos Bastos, Pedro Cruz e Cindy Folly. Todos os detalhes do CD têm um “quê” da identidade de Cláudia. A capa, por exemplo, é um trabalho de sua irmã, a designer Sheila Brito, que vive na Turquia.

Cláudia Vieira

d1Nascida em Goiânia (GO) e formada em psicologia, Claudia Vieira lecionou durante três anos e meio na Universidade Católica de Goiás, hoje PUC, antes de se atirar de vez na carreira artística. Filha do respeitado músico Goia, a cantora cresceu rodeada por grandes nomes da arte, como o maestro Geraldo Vespar e Raphael Rabello. Mas,foi em 1992 que ela passou a se dedicar à música, trilhando pelos caminhos do Jazz e do Blues.

Representante dos talentos da música Goiana, Cláudia acumula indicações para prêmios nacionais, participações em trilhas sonoras de curtas metragens, com exibição em festivais no exterior e participa ainda dos principais eventos culturais do Estado de Goiás. Em 2001, gravou seu primeiro CD solo, intitulado, “Sobretudo Encontros”. Com este trabalho, dentre outras coisas, concorreu ao Prêmio CARAS de Música, com a composição “Triste Papel”, de João Caetano, e teve, também, suas canções inseridas na programação da Rádio Expresso 2222, de propriedade do cantor, compositor e ex- Ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Em setembro de 2006, lançou seu novo CD “Para Caliandras, Miosótis e Margaridas”. Em 2013, foi eleita uma das 75 mulheres de referência no estado de Goiás por sua trajetória artística e atuação em políticas culturais. Também neste ano, ela foi uma das vozes convidadas para o CD “The Chico Buarque Experience”, gravado no Rio de Janeiro e, que conta com participações de grandes e importantes intérpretes, tais como, Jorge Vercilo, Zé Renato, Cris Delano, Ithamara Koorax. O disco traz versões de canções de Chico Buarque para o inglês.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s