Formandos da EAC Wilson Geraldo apresentam clássicos no Guarany

Por Secult Santos

O palco do Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico) recebe em dezembro a estreia de espetáculos encenados por 15 formandos da Escola de Artes Cênicas (EAC) Wilson Geraldo, mantida pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Sob a direção de Cibelle Piacentini, a primeira turma apresenta o espetáculo ‘O Santo Inquérito’, de Dias Gomes, que fica em cartaz entre os próximos dias 1, 2 e 4, sempre às 20h, e no dia 3, às 18h e 20h. Durante os 8, 9 e 11, às 20h, e no dia 10, às 18h e 20h, é a vez da segunda turma, dirigida por Diego Andrade, apresentar a montagem de ‘Terror e Miséria do Terceiro Reich’, texto do Bertold Brecht.

“Escolhemos dois clássicos da dramaturgia, um nacional e um estrangeiro. Estes textos refletem inquietações deste momento da humanidade. Com estas encenações, mostramos que a Wilson Geraldo tem a tradição de trabalhar não só o ator, mas principalmente o artista comprometido com a função social do teatro, com a ética profissional e a construção sólida do conhecimento”, declara a diretora artística da EAC, Renata Zhaneta.

‘O Santo Inquérito’

Escrito em 1964, o drama é ambientado em 1874 e expõe o conflito de Branca Dias, acusada de subversão e heresia pela Santa Inquisição. Promove a reflexão sobre questões como intolerância e a ganância. Dias Gomes retrata a forma como eram tratados os Cristãos Novos, famílias judias convertidas ao cristianismo, que quando insistiam em seguir sua crença, eram julgadas e condenadas a viver sob os olhares cruéis de uma sociedade que desprezava quem pensava diferente da ordem estabelecida.

Ficha Técnica: | Texto: Dias Gomes; Direção: Cibelle Piacentini; Preparação corporal: Maria Inês Adad; Preparação vocal: Osvaldo Hortêncio; Cenário e figurinos: Leo Porto; Iluminação: Ana Maria Santana; Assessoria de imprensa e Produção Executiva: Maria Alice Peres; Direção de produção: Méa Matheus; Supervisão: Renata Zhaneta; Elenco por ordem alfabética: Alisson Flora, Ana Melo, Daniela Armentano, Edelvira Azevedo, Elly Gomes, Giovana Petin, Henrique Pergolizzi, Marcele Correa, Rafael França.

‘Terror e Miséria do Terceiro Reich’

Produzido por Brecht entre os anos de 1933 e 1938, período em que os nazistas chegaram ao poder na Alemanha. Para a montagem, o diretor Diego Andrade selecionou doze cenas, das vinte e quatro que compõem o texto, com a proposta de compreender esse momento histórico que desencadeou um dos piores episódios do século 20, o genocídio daqueles que eram considerados impuros, como judeus, ciganos, negros, homossexuais, deficientes físicos e doentes mentais.

Ficha técnica: Texto: Bertold Brecht; Direção: Diego Andrade; Preparação corporal: Maria Inês Adad; Preparação vocal: Osvaldo Hortêncio; Cenário e figurinos: Leo Porto; Iluminação: Reginaldo Aguiar; Assessoria de imprensa e Produção Executiva: Maria Alice Peres; Direção de produção: Méa Matheus; Supervisão: Renata Zhaneta; Elenco por ordem alfabética: Fellipe Tavares, Teco Cheganças (ator convidado), Bia Gonçalves, Caroline Salles, Luccas Afonso, Nevily Alves.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s