‘Encenador: um mediador do processo’ inicia ciclo de estudos do Coletivo 302

Informações de Allana Santos

O primeiro grupo de teatro de Cubatão a ser contemplado pelo ProAC Editais, o Coletivo 302, tem agora em suas mãos a responsabilidade de levantar um espetáculo com questões sobre sua cidade e ainda desenvolver o Ciclo de Estudos, que tem início neste sábado (dia 21), às 18h, na sala 2 do Centro Multimídia do Parque Novo Anilinas (Cubatão).

O ciclo tem objetivo de criar um elo entre o processo do espetáculo e as necessidades de estudantes e fazedores de teatro da região, apontando alternativas de como encaminhar seus próprios projetos teatrais, além de proporcionar a troca de experiência entre esses artistas. A primeira palestra tem o tema “Encenador: um mediador do processo”, ministrada por Douglas Lima.

O estudo discutirá o surgimento da Encenação/Encenador (século XIX); a crise do drama e o desmoronamento da dramaturgia clássica; a explosão do espaço cênico; os instrumentos do espetáculo e seus recursos cênicos e lúdicos; a direção de ator; o papel e o discurso da
encenação. Douglas Lima é formado em direção (SP Escola de Teatro), em arte dramática (Senac Santos), além de estudos de Bacharelado e Licenciatura (Anhembi Morumbi).

Coletivo 302

O grupo formado apenas por artistas de Cubatão, que se conheceram durante seus processos de estudo, tem pouco mais de dois anos de vida e muita vontade de desenvolver trabalhos que dialoguem com o público local, levantando questões políticas e sociais, inserindo a música em sua narrativa. O primeiro projeto do Coletivo 302 é uma realização em conjunto com Governo Estadual por meio do ProAC – Programa de Ação Cultural com apoio da Prefeitura Municipal de Cubatão através da Secretaria de Cultura.

Além das atividades que acontecerão nas salas do Centro Multimídia do Parque Anilinas, o projeto será desenvolvido em sua maior parte no Galpão 302, um espaço público dentro do parque que foi com uma permissão de uso e está sendo reformado com recursos próprios dos integrantes do grupo, já que não se prevê tais recursos via ProAC, e, portanto, que aceitam doações de comerciantes locais e de amigos para concluir a obra.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s