No Sesc Santos, espetáculo de dança, cinema de bolso, contos ciganos e mais

Por Sesc Santos

Confira a programação do Sesc Santos (R. Cons. Ribas, 136) nestes dias 21 e 22 de janeiro:

BURACO

Em ‘Buraco’ tudo é furado e tudo fura. Tudo é para atravessar, para sair ou entrar, para cair dentro, para permanecer, para desaparecer. Para olhar e ver do outro lado: preto, pele, verde, estampado, cabeludo. Buraco é uma aventura da matéria. Sem transição. Cabe um mundo. Buraco veio de um desejo de partilhar com um público infantil outras possíveis lógicas relacionais, abrindo espaço para uma aventura sensória e sensível.

Como trabalho coreográfico, a peça explora as possibilidades de ser e mover um corpo-matéria (um corpo que é matéria: carne, ossos, músculos, líquidos, tecidos, cabelos, buracos) em contato/colisão com outras matérias. Um buraco é entendido aqui como uma relação: entre dentro e fora do corpo, entre diferentes corpos, entre diferentes materiais.

Buracos estão no movimento, em movimento, entre movimentos, entre arranjos coreográficos. Buracos são frestas, vazamentos, são passagens para outros lugares, são portais para outros mundos. Livre. R$ 17,00. R$ 8,50 (meia). R$ 5,00 (credencial plena). 22/01. Domingo, das 17h30 às 18h30.

Concepção e direção: Elisabete Finger; Criação: Elisabete Finger, Cinira Macedo, Jamil Cardoso e Sandro Amaral; Em cena: Priscila Maia, Jamil Cardoso e Sandro Amaral; Acompanhamento: Litó Walkey e Xenia Hauf; Materiais de cena e figurino: Elisabete Finger, Marion Montel e Marcello Busato (construção); Produção: Cândida Monte e Wellington Guitti; Fotos: Renato Mangolin; Vídeo: Leo Nabuco.

Este projeto foi financiado pelo Prêmio Funarte Petrobrás de Dança Klauss Vianna/2012; Prêmio Rumos Itaú Cultural Dança 2012/2013 (Brasil); fundo Senatskanzlei – Kulturelle Angelegenheiten e Bezirksamt Mitte, Fachbereich Kunst und Kultur – Bezirkskulturfonds Berlin (Alemanha). Co-produção: Uferstudios Berlin, Pact Zollverein (Alemanha) e Festival Panorama de Dança (Brasil). Apoio e Residências: PACT Zollverein e Fabrik Potsdam (Alemanha). Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014.

FLIP BOOK OU CINEMA DE BOLSO

Conhecido em inglês por flip book, o folioscópio é uma coleção de imagens organizadas sequencialmente, em geral no formato de um livreto para ser folheado dando impressão de movimento. Também chamado cinema-de-bolso. Sala 2. Livre. Grátis. 21 a 22/01. Sábado e domingo, das 14h30 às 17h30.

DE ONDE VEM OS FILHOS DO VENTO

O mundo não seria o mesmo sem os ciganos. Presentes em quase todos os países, eles marcam as mais diversas culturas com sua dança, música, costumes e tradições, herdados de geração para geração. Através das histórias narradas vamos conhecer e viajar por este rico e curioso universo. Foyer do Teatro. Livre | Grátis. 21/01. Sábado, das 17h30 às 18h30. 22 de Janeiro de 2017, domingo.

QUANDO MEUS PAIS NÃO ESTÃO EM CASA

Singapura, 1997. A rotina da família Lim é modificada com a chegada de Terry, empregada doméstica que foi para a cidade sonhando com uma vida melhor. Encarregada de cuidar do filho do casal, ela desenvolve uma relação íntima com o menino. Drama, direção Anthony Chen, Singapura, 2015. 99 min. Sala 1. Não recomendado para menores de 12. Grátis 22/01. Domingo, às 11h e às 16h.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s