Confira a programação oficial do Festival Arte & Trabalho em Santos

Por Lincoln Spada

A vida portuária na literatura, o improviso de uma orquestra espontânea e a evolução do cinema através da música. Essas obras são uma parcela do expoente da cultura regional que o Festival Arte e Trabalho leva a Santos. Artes visuais, audiovisual, hip hop, literatura, música e teatro se consagram em mais de 30 atividades gratuitas concentradas no Centro Histórico entre os dias 1º e 7 de maio. Informações: fb.com/artetrabalhofest.

“O Festival Arte & Trabalho vem reafirmar o papel histórico da cidade, de reconhecer na força do trabalho o pilar do desenvolvimento cultural, social e econômico da comunidade”, argumenta o coordenador do evento, Plínio Alvarenga. Ao mesmo tempo, a iniciativa tem objetivo de “demonstrar que o cotidiano do trabalhador da arte se iguala ao do trabalhador comum quando abordamos sobre seu papel de agente de transformação”.

O pontapé do evento acontece com o show do Mayombe Afro-Cubano, resgatando os ritmos de Havana e arredores dos anos 30 e 40, em sessão no dia 1º, segunda-feira, às 20 horas, na Associação Cultural José Martí (Rua Joaquim Távora, 217). No dia seguinte, outros músicos da Baixada Santista sobem nos palcos do centro. A Praça Mauá será embalada por Komboio Cultural (12h), Banda Querô (13h) e o cortejo do Maracatu Quiloa (18h30), que conduzirá o público à Casa da Frontaria Azulejada (Rua do Comércio, 92), com apresentações de Preta Rara e DJ (20h), Banda Casa Rasta (21h).

A abertura oficial do Festival Arte & Trabalho será a exposição fotográfica ‘Anjos Negros’, no dia 2, às 19 horas, na Casa da Frontaria Azulejada. Com fotos de 4×2,5 metros, as impressões gigantes retratam seis modelos negros. Todos com suas respectivas asas confeccionadas em diversas plataformas por artistas santistas. Um diferencial é que a mostra é acompanhada pelo primeiro livro digital de exposição artística, com bastidores, making of e entrevistas sobre o projeto.

O Festival Arte & Trabalho é fruto da Lei Municipal 3.143/15, do vereador Dr. Evaldo Stanislau, e uma realização da Associação dos Artistas e Prefeitura de Santos com apoio da Associação José Martí, Conselho Sindical Regional da Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira, Secretaria Municipal de Cultura e colaboração do Encontro de Criadores. Confira a programação oficial:

>> Dia 1º | 20h | Associação Cultural José Martí (R. Joaquim Távora, 217) | Show do Mayombe Afro-Cubano;
>> Dia 2 | 12h | Praça Mauá | Show do Komboio Cultural (quizumba latina, MPB e performance circense);
>> Dia 2 | 13h | Praça Mauá | Show da Banda Querô (samba reggae);
>> Dia 2 | 18h30 | Da Praça Mauá à Casa da Frontaria Azulejada (R. do Comércio, 92) | Maracatu Quiloa;
>> Dia 2 | 19h | Frontaria Azulejada | Abertura do festival com a exposição em gigantografia ‘Anjos Negros’;
>> Dia 2 | 20h | Frontaria Azulejada | Show de Preta Rara com DJ (hip hop);
>> Dia 2 | 21h | Frontaria Azulejada | Banda Casa Rasta (reggae);
>> Dias 3 a 6 | 9h às 22h | Frontaria Azulejada | Exposição ‘Anjos Negros’ (gigantografia);
>> Dias 3 a 5 | 14h | UME Oswaldo Justo (R. Ana Santos, 125) | Oficina de estêncil;
>> Dia 3 | 12h | Praça Mauá | Apresentação de Quarteto na Rua;
>> Dia 3 | 13h | Praça Mauá | Show musical de Newton Zago;
>> Dia 3 | 18h | Frontaria Azulejada | Oficina literária ‘O Trabalho – Ferreira Gullar’, do Grupo de Poetas Vivos;
>> Dia 3 | 19h | Frontaria Azulejada | Oficina de fotografia, com Fabiano Ignacio e Luiz Arthur;
>> Dia 3 | 20h | Frontaria Azulejada | Espetáculo ‘Nas Trilhas do Cinema’, com Zero Beto Freire;
>> Dia 3 | 20h | Assoc. José Martí | Recital ‘Cantos de Trabalho’, com Theo Cancello (piano), Nancy Alves e Roberto Soares (voz);
>> Dia 4 | 12h | Praça Mauá | Banda Dog Joe (blues, folk, rock e soul);
>> Dia 4 | 18h | Praça Mauá | Banda Surprise Box (rock alternativo);
>> Dia 4 | 18h30 | Praça Mauá | Banda Sephion (rock e heavy metal);
>> Dia 4 | 19h | Frontaria Azulejada | Oficina de fotografia, com Fabiano Ignacio e Luiz Arthur;
>> Dia 4 | 19h | Apresentação Lítero- musical Fruta Aberta, com Regina Alonso e Teresa Teixeira;
>> Dia 4 | 20h30 | Frontaria Azulejada | Teatro ‘Liberdade Prisioneira’, da Cia Carcarah Voador;
>> Dias 5 a 7 | 14h às 22h | Frontaria Azulejada | 6º Encontro de Criadores (economia criativa);
>> Dia 5 | 12h | Praça Mauá | Show do Aqui Tem Choro com Didi Gomes;
>> Dia 5 | 18h | Praça Mauá | Roda de Samba do Ouro Verde;
>> Dia 5 | 19h | Frontaria Azulejada | Oficina literária ‘O mundo do trabalho na literatura portuária’, com Alessandro Atanes;
>> Dia 5 | 20h | Frontaria Azulejada | Apresentação do Mad Feeling Crew (coreografia, batalha de hip hop);
>> Dia 6 | 12h | Praça Mauá | Ensaio aberto da Orquestra na Rua;
>> Dia 6 | 18h | Praça Mauá | Concerto da Orquestra na Rua;
>> Dia 6 | 19h | Frontaria Azulejada | Intervenção de grafite ‘Cores e Valores’;
>> Dia 6 | 19h | Frontaria Azulejada | Show do trio acústico Banda Frida Julgadora (rock e MPB);
>> Dia 6 | 20h | Frontaria Azulejada | Show da Jazz Big Band;
>> Dia 6 | 21h | Frontaria Azulejada | Show da Futuráfrica (grooves afrolatinos);
>> Dia 6 | 20h | Teatro Braz Cubas | Teatro ‘A Terra pode ser chamada de Chão’, da ONG TamTam;
>> Dia 7 | 17h | Frontaria Azulejada | Jazz de Roda, com Maurício Fernandes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s