No Sesc Santos, ilusionista americano Avner apresenta ‘Exceções à Gravidade’

Por Sesc Santos

Ele engole uma quantidade inacreditável de guardanapos, faz malabares com seu chapéu e equilibra sobre o nariz uma pena bem comprida. Tudo com uma expressão corporal e um bom humor que cativam a plateia. Ele é Avner, ilusionista american que encena ‘Enceções à Gravidade’ nesta quarta-feira (dia 26), às 21h, no Sesc Santos (R. Cons. Ribas, 136/Santos). Ingressos de R$ 6 a 20.

O palhaço Avner criou este espetáculo solo no início dos anos 80, mesclando gags clássicas às técnicas de ilusionismo. Passados 30 anos, algumas acrobacias mais árduas foram deixadas de lado. mesmo assim é possível seduzir o público conectando-se ao estado emocional dele. Nesse espetáculo, Avner dissolve os limites entre perder e ganhar. O palhaço inverte a lógica dos fatos conseguindo chamar a atenção, tendo assim um ganho em afeto, dividido entre o amor e a pena. “Exceções à Gravidade” desafia as barreiras de linguagem e cultura e tem se apresentado por todo o mundo.

Sucesso na Broadway e no cinema, além da ocupada agenda com performer, Avner ministra tem dado cursos de palhaçaria e performances excêntricas nos Estados Unidos, França, Alemanha, Finlândia, Bélgica, Japão e Espanha. Ele desenvolveu habilidades de teatro mudo como uma ferramenta terapêutica e também ministra workshops para estudantes e profissionais da saúde, educação, assistência social, assim como teatro.

Avner Eisenberg

Aclamado como um dos maiores palhaços de todos os tempos, Avner Eisenberg viveu uma infância comum em Atlanta, Georgia. Quando criança, suas paixões eram cobras e malabarismo. Ele queria ser médico, mas após anos como um honrado químico e um importante biólogo, seus pais o forçaram a ir para os palcos. Aplicando a arte do malabarismo na educação, Avner passou por quatro universidades seguindo o sentido anti-horário em torno dos Estados Unidos.

Finalmente, recebeu um diploma em teatro na Universidade de Washington, em 1971. Durante dois anos estudou com Jacques Lecoq em Paris, onde, enquanto estava atuando pela, foi preso por bufonaria em público. Ao retornar aos Estados Unidos, ensinou na Dell ́Art School of Physical Comedy, de Carlo Mazzone Clementi, na Califórnia. Avner deve muito a esses dois homens: “Lecoq, que me ensinou tudo o que eu sei e Carlo, que me ensinou o resto.”

Avner é também muito conhecido por sua indescritível atuação como “A Jóia”, roubando a cena como o homem sagrado em The Jewel of the Nile (A Jóia do Nilo), estrelado por Michael Douglas e Kathleen Turner. O espetáculo solo de Avner, Avner the Eccentric Estreou na Broadway em 1984 e foi um grande sucesso. Em 1989 retornou à Broadway representando o personagem Ghetto na montagem de Comédia dos Erros de Shakespeare que ficou em cartaz no Lincoln Center.

Em teatros locais, Avner interpretou tanto Vladimir quanto Estragon em Esperando Godot, encenou o papel título de R. Crumb Comix e estrelou com a sua esposa, Julie Goell, a primeira turnê mundial de Zoo of Tranquility. Avner mora numa Ilha na costa de Maine e gostaria muito de ser marinheiro. Além disso é faixa preta em Aikido e praticante certificado da Hipnose Ericksoniana e de Programação Neurolinguística. Ele é especialista na utilização de ambos em performance.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s