Armazém Cultural 11 conta com mostra fotográfica ‘Netuno’

Por Armazém Cultural 11

Segue nos próximos dias a mostra ‘Netuno’ no Armazém Cultural 11, que funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, na Rua Dr. Cochrane, 7, térreo. A exposição gratuita é assinada pelo fotógrafo Leonardo Crescenti. Neste trabalho, o artista paulistano reúne fotos de céus e mares que se juntam para a montagem de um cenário onírico. A mostra, que conta com 14 imagens em grande formato, tem curadoria de Rosely Nakagawa e de Nelson Brissac.

Leonardo Crescenti é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), formação que deixou de lado para desenvolver seu trabalho como fotógrafo (desde 1974), cineasta e escultor. Em duas décadas dirigiu uma série de treze filmes e vídeos experimentais de curta metragem, obtendo 21 premiações nacionais e 14 internacionais e participando por três vezes da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cinema de Cannes (França).

Desenvolve um trabalho de expressão pessoal que retoma na imagem fotográfica fixa e em filmes, como no caso de “A pedra ouve o passar o vento”, de 1986 ou no recente “Luz + Luz” de 2010, um vídeo experimental.

Curadores

Nelson Brissac é filósofo e professor da PUC-SP, trabalhando com questões relativas à arte e ao urbanismo. É organizador e curador de Arte/Cidade, um projeto de intervenções urbanas em São Paulo, desde 1994. Publicou os livros Arte/Cidade – Intervenções Urbanas, Ed. Senac, 2002; Paisagens Críticas – Robert Smithson: arte, ciência e indústria, Ed. Senac / Educ, 2010; e Arte/Cidade Zona Leste, Ed Dardo, Espanha, 2011. Atualmente desenvolve os projetos ZL Vórtice, na zona leste de São Paulo, e Arte/Cidade – Linha Metálica.

Rosely Nakagawa é editora de fotografia e arquiteta graduada pela FAU – USP, com especialização em Museologia e Comunicação e Semiótica. Fundou junto com Thomaz Farkas, a Galeria Fotoptica, em 1979, e criou o Espaço Cultural Citibank, onde foi curadora de 1985 a 1990. Na Casa da Fotografia Fuji, de 1997 a 2004, atuou em exposições nacionais e internacionais.

Fez a curadoria de conteúdo das Galerias FNAC Brasil, desde sua abertura no país até 2009, quando publicou a coleção e entrevistas no livro “Encontros com a Fotografia”. Em 1991, como uma das fundadoras do Nafoto (Núcleo dos Amigos da Fotografia), criou o 1º Mês Internacional da Fotografia em São Paulo, que aconteceria a partir de 1993. Trabalhando de forma independente, realizou mostras de artes plásticas, arquitetura, arqueologia e cultura material, em instituições e museus do Brasil entre outros espaços internacionais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s