Monumento de Tomie Ohtake recebe restauração

Por Secult Santos

O monumento em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa no Brasil, da artista Tomie Ohtake (1913 – 2015), localizado na extremidade do Parque Municipal Roberto Mário Santini, na orla do bairro José Menino, começou a ser restaurado nesta quinta-feira (29).

O trabalho, realizado pelo Instituto Tomie Ohtake e a Coral, marca de tintas da empresa Akzo Nobel, em parceria com a Prefeitura de Santos, tem conclusão prevista em duas semanas, com atividades de segunda a sábado. O serviço, com custo zero para o município, é uma iniciativa do Instituto Tomie Ohtake, que vem realizando a restauração das obras da artista em várias cidades do País.

O monumento, confeccionado em aço, na cor vermelha, será limpo, lixado e repintado. De forma abstrata, com 20m de comprimento, 15m de altura e 2m de largura, foi inaugurado em junho de 2008, na presença do príncipe do Japão, Naruhito, que veio ao Brasil como representante da família imperial nas comemorações dos 100 anos da imigração japonesa.

A obra, que aponta para o mar, por onde chegaram os primeiros imigrantes ao Porto de Santos, foi incluída no documentário sobre a vida de Tomie. O filme homônimo, da cineasta Tizuka Yamasaki, foi lançado em 2014 e retrata o universo da artista nascida no Japão, que viveu por quase 80 anos no Brasil. Mais informações sobre o instituto no site http://www.institutotomieohtake.org.br/.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s