Arquivo da categoria: Guia de artes

Secult de Cubatão articula seminário de gestão cultural em agosto

Por Lincoln Spada

Uma parceria inédita foi concretizada pela Prefeitura de Cubatão, através da Secretaria da Cultura, com o Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura. Depois de percorrer várias regiões paulistas desde 2013, o Seminário Olhares da Gestão Cultural será realizado na Câmara Municipal de Cubatão no próximo 31 de agosto, das 8 às 18 horas.

Nesta edição o seminário abordará a elaboração de projetos culturais, comunicação e captação de recursos. O evento contará com palestras de Daniele Torres e Nara Almeida. A primeira mediadora é museóloga, com pós em História da Arte, Gestão da Cultura e Comunicação Empresarial. Sócia da Companhia da Cultura e do Cultura e Mercado, também é diretora do Instituto AES. Nos últimos cinco anos foi a gestora responsável pela captação de recursos do Instituto Brasileiro de Gestão Cultural e do Instituto Brasil Leitor.

Já Nara Almeida é jornalista, mestranda em Comunicação (USP) e gerente de Planejamento Estratégico e Relações Institucionais da Aberje. Também fez especializações pela Syracuse University e pela CBL e extensões pela PUC-SP e pela Cátedra Unesco Memorial. Foi editora da revista Comunicação Empresarial e dos livros Cadernos de Comunicação Estratégica e Prêmio Aberje. Hoje ela coordena o Comitê de Gestão Cultural e criou os Seminários Aberje de Gestão Cultural. É fundadora do Lab de Narrativas de Gêneros e membro do Grupo de Estudos de Novas Narrativas e da iniciativa Mulheres do Brasil.

Toda a programação (gratuita) e o período de inscrições serão divulgados na próxima quinzena. O Seminário Olhares da Gestão Cultural integra o programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, ação do Governo Estadual gerida pelo instituto Poiesis. Nestes quatro anos, o evento já percorreu as cidades de Limeira, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba, São José dos Campos, Votuporanga, Registro e Itapetininga.

Com 130 vagas, Estação das Artes abre inscrições até esta sexta-feira

Por Lincoln Spada

Artes plásticas e artesanato são os segmentos contemplados nos novos cursos livres oferecidos gratuitamente na Estação das Artes. Ao todo 130 novas vagas são abertas neste semestre pela iniciativa da Prefeitura de Cubatão via Secretaria da Cultura. O período de inscrições é de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 12 horas e das 13 às 16 horas, até o dia 4 de agosto, na Avenida Nove de Abril, 2800, Vila Nova.

Os interessados devem apresentar RG e comprovante de residência. No caso de inscrições para menores de idade a documentação deve ser de seus responsáveis. A partir do dia 1º de agosto serão abertas 13 turmas diferentes, cada uma com 10 vagas disponíveis. Enquanto os cursos de desenho e retrato serão desenvolvidos por Julieta Wisniewski, as formações relacionadas à arte infantil e à papietagem serão ministradas por Maria Helena Silva.

Julieta é professora e artista plástica (Unisanta), com especialização em desenho artístico e pintura acadêmica (Academia de Artes de São Paulo) com trabalhos expostos pelo Brasil, Canadá e Austrália. Por sua vez, Maria Helena é professora de artes e educação ambiental (Unifesp), sendo artista plástica com ênfase em peças artesanais, recicláveis e design de moda.

Conheça os cursos

No próximo semestre, às segundas-feiras, haverá curso de desenho artístico para alunos a partir de 13 anos (das 13h30 às 16h30) e a partir de 16 anos (das 19 às 22 horas). Às terças-feiras serão atividades de retrato em grafite e coloração (das 13h30 às 17 horas e das 19 às 22 horas), ambos para interessados a partir de 14 anos.

Já às quartas-feiras, a Estação das Artes terá aulas de arte infantil voltadas às crianças de 7 a 8 anos (classes das 10 às 11h30, das 13h30 às 15 horas e das 15 às 17h30). No mesmo dia, das 13h30 às 16h30, o local contará com turma de desenho artístico, para alunos acima de 13 anos.

As quintas-feiras serão reservadas para cursos de iniciação ao desenho (das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas), para alunos de 9 a 12 anos. Também, à tarde, interessados de 7 a 8 anos podem ter aulas de arte infantil (das 13h30 às 15 horas e das 15 horas às 17h30). Por sua vez, às sextas-feiras, das 13h30 às 17h30, o espaço conta com curso de papietagem, para interessados acima de 12 anos.

Baobá Coletivo de Arte se apresenta no Parque Vila de SV

Por Baobá Coletivo de Arte

Neste sábado (dia 5), às 19h, o Baobá Coletivo de Arte realiza mais uma apresentação do Projeto PRETUme. Dessa vez, a apresentação cênica está prevista no Parque Cultural Vila de São Vicente (Praça João Pessoa). “Espaço que que carrega por si só grande parte da nossa história e cultura afro-brasileira”, cita o organizador e ator Bruno Oliveira.

 

Oficina de fotografia expande aptidões culturais em PG

Por Prefeitura de Praia Grande

Na tarde de terça-feira (25), mais de 30 alunos participaram do encerramento da Oficina de Fotografia – Especial Férias e o encontro ocorreu na sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), que está localizada no Bairro Tupi. O objetivo do curso foi desenvolver as aptidões culturais e artísticas, integrando os alunos por meio da fotografia.

O subsecretário de Assuntos da Juventude, Augusto Schell, agradeceu aos alunos, que durante cinco encontros participaram ativamente do curso. “Essa segunda turma teve uma grande procura e esperamos que na próxima tenhamos ainda mais participantes”.

A aposentada Sueli Barreira Peres, de 63 anos, ficou sabendo do curso quando estava fazendo suas atividades nos programa Conviver, que fica no mesmo prédio da Subjuve e, então, resolveu participar. Peres acredita que o curso lhe deu uma nova visão sobre o que é a fotografia. “Nunca tinha participado de nenhum curso dessa área e aprendi a centralizar, a mexer em aplicativos e alguns recursos da câmara. Tenho planos de fazer outros cursos para ampliar meus conhecimentos”, ressalta a aposentada.

O estudante de fotografia e morador de Jundiaí Rafael Pereira, de 19 anos, está passando férias na Cidade e ficou sabendo do curso por intermédio de uma amiga. Pereira ainda não teve a parte prática na graduação e por isso resolveu fazer o curso. “Estou aprendendo agora um pouco da parte prática e quando voltarem as aulas na faculdade estarei à frente da minha turma”.

A Subjuve realiza diversos programas com o objetivo de integrar a comunidade praia-grandense e está localizada na Rua Xavantes, 51, dentro do Vivência Tupi, no Bairro Tupi. Outras informações sobre os cursos e programas realizados podem ser obtidas pelo telefone: 3496-5684.

 

Bazar Cafofo comemora três anos com exposições em agosto na Pompeia

Por Luiz Fernando Almeida

Com produtos exclusivos, artesanais e personalizados, o Bazar Cafofo realiza edições todos os fins de semana de agosto, em comemoração aos três anos em atividade. Será a partir de sábado (dia 5), seguindo às sextas-feiras (a partir do dia 11, das 9h às 16h) e aos sábados (das 10h às 17h). A atividade será no Bar Conversa Fiada (Rua Ceará, 68/Santos).

O evento começou na internet para comercializar roupas do ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida, mas acabou tornando-se um espaço multicultural, que reúne moda, música e arte, tudo no mesmo espaço. No bazar, os clientes podem encontrar roupas, acessórios e vários itens exclusivos e personalizados. Em todas as edições haverá testagem de HIV promovida pelo Gapa/BS e o resultado sai na hora, além de arrecadação de 1kg de alimento não perecível que será revertido para ABASE.

Marcas como: Club Filhas da Maria, Giselle Pietrocolla Acessórios, Los Super Elegantes, Alitheia Esotéricos, Maria Flor Acessórios Divos, Kerley Biamchi, Matriz, Lolla Rodriguez, Malu Acessórios, Incantare Paisagens, Giri Shirt, Laço de Fita, Patrícia Castilho, Porque Crochê, Art. em Ordem entre outras já confirmaram presença no mês de Agosto. Os expositores são rotativos então cada edição e diferente e traz produtos variados proporcionando novas experiências ao publico e tornando cada edição única.

O Bazar Cafofo e um espaço onde qualquer um que tenha interesse em empreender nas áreas de moda, arte, design, acessórios, gastronomia e confeitaria pode se jogar – inclusive marcas que já existem, mas que querem se reinventar! A iniciativa já realizou edições em Santos, SP, São Vicente, alem de edições especiais em eventos como Santos Jazz Festival e Sansex Mostra da Diversidade de Santos. Alem disso, outros projetos como: Bazar Cafofinho, Cafofo Novos Talentos, CafofoMob, Cafofo MicroClub, Cafofo Pop Up Store, Cine Cafofo, entre outros, foram realizados. O Bazar também conta com sua marca de produtos personalizados, a Cafofo Pop Up Store que tem lojinha on line, atrelada a sua fanpage.

Câmeras e produtos feitos à mão são atrações do Coletivo dia 6

Por Mariela Gonçalves | Foto: Tatiana Latraia

Dia 6 de agosto, das 15h às 21h, tem O Coletivo – Especial de Dia dos Pais com atrações para toda a família, além, é claro, de produtos vendidos por quem produz em pequena escala e com muito amor. O evento será no Kawabanga Bar (Av. Siqueira Campos, 431/Santos).

Entre os 22 expositores, vai ter a comidinha vegana da chef Dressa Dias, da Doce Jasmin para os adeptos da dieta e para os curiosos saborearem. As louças pintadas à mão pela designer paulistana Alê Abdala estreiam no Coletivo e prometem deixar muita gente de boca aberta com tanta beleza.

Outro destaque é o lançamento das lancheiras térmicas da marca Na Casa Dela Tinha, da designer Aline Tolotti: todas têm porta-talheres e guardanapo feitos de tecido com estampas exclusivas, perfeitos para quem leva sua comida para onde vai e não perde a sustentabilidade de vista.

Papais Dj’s e fotografia analógica

Esta edição terá músicas selecionadas por quatro papais e que prometem ser muito animadas e ecléticas. Outra atração é a exposição de câmeras fotográficas analógicas do acervo dos fotógrafos Fabiano Ignácio e Luiz Arthur Brito da Silveira, que também vão explicar como funciona a revelação de filmes fotográficos. Um prato cheio para os fãs da arte de tirar fotos.

Livro Livre: encontre um livro e ganhe surpresas

O incentivo a leitura, marca registrada do projeto O Coletivo, ganha um novo braço neste mês. Livros serão deixados em locais estratégicos da cidade com um convite do evento e uma surpresa dentro de cada um deles. As pistas sobre os locais onde os títulos serão colocados vão aparecer no Instagram Stories (@coletivoprojeto) e na fanpage do evento no Facebook (facebook.com/ocoletivoprojeto).

Sorteios e ação social

Como sempre rola, cestas com produtos dos expositores da edição do dia 6 serão sorteadas entre os visitantes que comprarem qualquer valor​​​​​​​​​​​​​​​​. Já a ação social deste mês vai arrecadar alimentos para a ONG Grupo Amigos Solidários, que leva refeições para pessoas em situação de rua. Todos podem contribuir levando 1 pacote de arroz, feijão ou macarrão para O Coletivo deste domingo.

>> Expositores e seus segmentos:
Alê Abdala – peças de louça pintadas à mão
Atelier Adriana Fonseca – roupas femininas
Bela Vicky – difusores de ambiente e velas perfumadas
Brigaderia Becker – brigadeiros gourmet
Cake Casamenteiro – empadas e salgados
Coleção Andança – quadros e pôsteres
Cookies Delí – cookies recheados e café
Doce Jasmin – doces e salgados veganos e sem glúten
Dona Frida – roupas femininas
Dona Lolla – objetos decorativos de MDF
Free Design – arte em mosaico
Filhos de Gaia – sabonetes artesanais e veganos
Jaya – acessórios de macramê
Josemar Móveis – luminárias e objetos utilitários de marcenaria
Lanai – roupas e acessórios femininos
Lisa Arte Colorida – objetos e acessórios de crochê
Lothe – acessórios femininos feitos à mão
Marias – brincos, colares e acessórios criativos
Na Casa Dela Tinha – bolsa, lancheiras, clutches e acessórios colecionáveis
Nós – plant hangers e prateleiras de macramê
Santo Cake – cheesecakes de diversos sabores
Vis – joias unissex de pedras naturais e carteiras de couro

 

Balé jovem de SV conquista primeiros lugares no maior festival de dança do mundo

Por Prefeitura de São Vicente

O Balé Jovem de São Vicente conquistou importantes premiações para a Baixada Santista no Festival de Dança de Joinville. Foram cinco primeiros lugares, um segundo lugar e quatro indicações especiais. Sob direção de Geyssa Alencar e Sabrina Olimpio, o Balé Jovem participa do Festival de Dança de Joinville desde 2010 com trabalhos dos alunos da escola e vem recebendo constante reconhecimento dos jurados e curadoria do festival.

“Os prêmios em festivais acabam servindo como estímulo para quem participa. Sempre é muito bom ouvir a opinião de outros profissionais e poder confirmar que estamos no caminho certo.” exalta Sabrina Olimpio. “É um orgulho receber esse reconhecimento de um festival, ver o crescimento de nossos bailarinos nos palcos. Trazer tantas premiações para São Vicente é um grande reconhecimento para o nosso trabalho” conclui Geyssa Alencar.

Festival de Dança de Joinville

O Festival de Dança de Joinville é considerado o maior Festival de Dança do Mundo, pelo Guiness Book. Reúne o maior número de participantes e tem, em média, um público de aproximadamente 4 mil pessoas por dia. Para participar do festival os grupos devem enviar a filmagem da coreografia completa e esperar o resultado da seletiva. São enviados mais de mil trabalhos para serem avaliados e aproximadamente 170 coreografias são selecionadas para participar do palco principal de competição

Premiações:

>> 1º Lugar Grand Pas de Deux Junior
Coreografia: Carnaval em Veneza – Bailarinos: Luiza Almeida e Yago Guerra
>> 1º Lugar Variação Feminina Junior
Coreografia: Dulcinéia – Bailarina: Luiza Almeida
>> 1º Lugar Solo Neoclássico Junior
Coreografia: Por um triz – Bailarino: Vitor Vaz
>> 1º Lugar Variação Masculina Infantil
Coreografia: O Bobo da Corte – Bailarino: Andrey Jesus
>> 1º Lugar Solo Neoclássico Infantil
Coreografia: Por um instante – Bailarino: Andrey Jesus
>> 2º Lugar Conjunto de Repertório Infantil
Coreografia: Amigas de Clara