Arquivo da categoria: Música

Instituto GPA abre inscrições para cursos musicais em Santos

Por Secult Santos

O Instituto Grupo Pão de Açúcar (GPA) abre nesta terça-feira (1º), inscrições gratuitas para o Programa de Música e Orquestra Instituto GPA. Até o dia 11 de agosto, jovens de 10 a 18 anos de idade podem se candidatar para aulas de violino, viola, violoncelo ou contrabaixo.

Interessados devem comparecer de segunda a sexta-feira, no estacionamento coberto do hipermercado Extra (Av. Dona Ana Costa, 340, Gonzaga), em frente aos caixas eletrônicos, portando RG e comprovante de residência. Menores de idade devem vir acompanhados de um responsável.

Os cursos têm duração de 2 anos, com duas aulas semanais de uma hora e meia, realizadas no mesmo local onde ocorrerá a inscrição. Não é necessário possuir nenhum tipo de conhecimento musical e o aluno não precisa ter o instrumento. Informações pelo telefone 3223-1900.

Concerto no Teatro Municipal

No próximo dia 25, às 20h, a Orquestra do Instituto GPA realiza concerto gratuito no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Formada em 2000, exclusivamente por jovens que passaram pelo programa de música, conta atualmente com dois grupos de musicistas, compostos por até 40 jovens cada, com idades entre 12 e 21 anos.

A proposta da Sinfônica é levar a música clássica com apresentações gratuitas e abertas. Os concertos são didáticos e o público é convidado a participar do espetáculo. Com mais de 800 concertos no currículo e um público de mais de 300 mil pessoas, a Orquestra Instituto GPA se apresenta por todo o Estado de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e também fora do Brasil. Já executou concertos na Argentina, Estados Unidos, França e Itália, sempre sob a batuta do Maestro Daniel Misiuk.

 

 

Centenário da estada de Milhaud no Brasil é celebrado no Sesc Santos

Por Leonardo Zufo

O Sesc Santos realiza nos dias 2 e 3 de agosto, quarta e quinta-feira, evento comemorativo do centenário da vinda do compositor francês Darius Milhaud (1892-1974) ao Brasil. Das 18h30 às 20h30 haverá discussões e reflexões no auditório, e das 20h30 às 22h apresentações musicais comentadas no teatro e no auditório. A entrada é franca.

O objetivo é promover a reflexão em torno da conexão de Milhaud com o cenário artístico nacional e o diálogo com a música e os músicos brasileiros, apenas possível pela sua estadia no Rio de Janeiro entre fevereiro de 1917 a novembro de 1918, período em que trabalhou junto ao escritor Paul Claudel, então embaixador da França.

Por outro lado, o evento é uma ampliação do debate musical no momento em que a cidade de Santos torna-se, momentaneamente, a capital da musicologia internacional ao sediar o III Congresso da Associação Regional para América Latina e Caribe da Sociedade Internacional de Musicologia (ARLAC/IMS), que acontece pela primeira vez no Brasil.

As discussões/reflexões acontecem com os profs. Drs. Heloisa Duarte Valente, Diósnio Machado Neto, Tânia Garcia e Profa. Ms. Cibele Palopoli, com mediação da profa. Dra. Lina Noronha. As apresentações musicais contam com a pianista Danieli Longo Benedetti e o Quarteto de Cordas Martins Fontes.

Serviço
2 e 3 de agosto de 2017.
18h30 às 20h30 discussões/ 20h30 às 22h apresentações musicais
Sesc Santos. Auditório e teatro. Grátis.
Rua Conselheiro Ribas, 136/Santos
Programação completa: http://bit.ly/2tRRzts

 

‘Beatles para Crianças’ proporciona show de rock dia 16 em Santos

Por Rafaella Martinez

A música dos Beatles num espetáculo onde toda a família se diverte. O projeto Beatles para Crianças estaciona em Santos no próximo dia 16 em um show interativo, cheio de histórias, vídeos e músicas inesquecíveis no palco do Teatro Municipal Brás Cubas.  O show abre com a projeção de uma animação do jogo de videogame RockBand e a banda convida as crianças para subirem ao palco e tocar Blackbirdcom os mais de 70 instrumentos musicais e objetos sonoros que estão em cena. Duas músicas depois, com a plateia já incendiada de energia e animação, é a vez dos pais e adultos formarem um grande coral no palco cantando Twist and Shout. Momento emocionante é quando as luzes se apagam e os celulares se acendem, criando o mar de luzes que todo show de rock tem.

Para o educador, músico e diretor musical Fábio Freire (formado em Música e Arte, pós-graduado em Arte Educação, idealizador, vocalista e violonista do BPC), “a ideia do projeto Beatles para Crianças ultrapassa a realização de shows e a gravação de CDs. Somos músicos e educadores. Queremos levar referências para as crianças, unir as famílias em algo comum, gerar conteúdo de qualidade para todas as crianças e jovens. O CD será uma das nossas ferramentas para cumprir esse combinado”.

Criado em 2011, dentro de uma escola, numa iniciativa de aumentar o repertório das crianças nos intervalos das aulas, o projeto Beatles para Crianças estreou em show em 2014. Dois anos antes, Fábio Freire havia sido selecionado pelo programa Fantástico, da Rede Globo, em uma campanha para divulgar a turnê brasileira de Paul McCartney. Sem pretensão, o músico enviou vídeos com uma apresentação do início do BPC ainda em um intervalo de escola. A “bênção” do Beatle aconteceu em Recife e ajudou ainda mais a impulsionar a carreira do grupo.

A partir de então, Fábio Freire teve a certeza de que deveria continuar com o projeto. Em 2014, convidou o amigo, parceiro, ator e também educador Gabriel Manetti(formado em Artes Cênicas com pós-graduação em Dramaturgia) para ingressar no projeto. Criaram o roteiro do show, com histórias e projeções. Fabio Freire e Gabriel Manetti se uniram a mais três músicos para o show: Eduardo – Ludi – Puperi(guitarras e  teclado), Humberto Zigler (bateria) e Johnny Frateschi (baixo).

O projeto foi dando certo, com lotação de público. Sesc Ipiranga e Teatro UMC abrigaram os primeiros shows. A ideia de se apresentar para toda a família, unindo gerações, estava sendo muito bem-aceita, com casas lotadas. A crítica também foi positiva. E até agora eles já se apresentaram para mais de 50 mil pessoas em diversos locais e situações e em mais de 200 shows.

O medley “All you need is love” e “Hey Jude” fecham o espetáculo com uma mensagem de amor e de esperança para todas as crianças e adultos. E na porta de saída, um presente da banda: cada criança recebe uma espécie de certificado de “Primeiro show de Rock da vida”.

Ficha técnica do show

Fabio Freire – voz, guitarra, violão, ukulele e charango. Gabriel Manetti – voz e percussão.

Edu (Ludi) Puperi – guitarra, violão, teclado e vocais. Johnny Frateschi – baixo e vocais.

Humberto Zigler – bateria e percussão. Rafaela Perticarrari e Vic Ariante – produção geral e projeção.

Serviço

Beatles para Crianças. Dia 16 de julho de 2017, no Teatro Municipal Brás CubasTemporada: Domingo, às 16h. Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30 (meia). Classificação: Livre.

Horário de funcionamento da bilheteria: de Segunda a Sábado das 13h às 19h. PDV COMPREINGRESSOS: Quiosque Compreingressos – 3º piso. Funcionamento de segunda a sábado das 10h às 22h; domingo das 15h às 21h. Site http://www.compreingressos.com/espetaculos/3444-beatles-para-criancas

 

Armandinho apresentará hits e novas canções em Santos

Por André Azenha

Desde 2015, o gaúcho Armandinho tem realizado dezenas de shows pelo Brasil com a turnê do álbum “Sol Loiro”. Após uma pequena pausa, o músico e cantor retornou, em 2016, com novas composições, entre elas, dois hits: “Eu sou do Mar’’, com a participação do cantor Vitor Isensee (ex-Forfun) e “Menina do Verão”, um samba rock em parceria com o cantor Bebeto.

Em 14 de julho, uma sexta-feira, o público da Baixada Santista poderá conferir essas novidades e hits como “Balanço da Rede”, “Rosa Norte”, “Outra Noite que se vai” e o megassucesso “Desenho de Deus”, entre outras faixas, na Capital Disco. A noite, com organização da Spy Eventos, contará ainda com abertura da banda santista Tr3vo e, encerrando a maratona musical, o grupo Circuladô de Fulô. Os ingressos já estão à venda no site http://www.sympla.com.br e diversos locais (detalhes abaixo).

SERVIÇO:
Show Armandinho
Abertura: Tr3vo, com participação de Gabriel Elias
Encerramento: Circuladô de Fulô
Sexta-feira, 14 de julho
Abertura da casa: 22h
Previsão de início dos shows:
0h – Banda Tr3vo com participação de Gabriel Elias
01h30 – Armandinho
03h30 – Circuladô de Fulô
Local: Capital Discos – Mendes Convention Center – Av. Gen. Francisco Glicério, 206 – Gonzaga
Ingressos:

Meia-entrada – 1º Lote Pista – Feminino – R$ 30
Meia-entrada – 1º Lote Pista – Masculino – R$ 4

Meia-entrada – 1º Lote Pista Premium – Feminino – R$ 40
Meia-entrada – 1º Lote Pista Premium – Masculino – R$ 50
Entrada diferenciada e acesso à parte superior da casa.

Camarote Open Bar Feminino (Não possui meia entrada) – R$ 90,00
Camarote Open Bar Masculino (Não possui meia entrada) – R$ 130,00
Área restrita a 150 pessoas com entrada diferenciada, acesso à área privativa com as seguintes bebidas inclusas: Vodka, Cerveja, Catuaba, Refrigerante e Água.

Condições para Meia-entrada
– Doar 1 Kg de alimento não perecível (exceto sal e açúcar).
– Estudantes.
– Professores.
– Funcionários Públicos (Municipais, Estaduais e Federais).
– Portadores de necessidades especiais.
– Maiores de 60 anos ou aposentados.
Obs.: A meia entrada precisa ser comprovada somente no dia do evento.
Ingressos Promocionais e Área Open Bar não possuem meia-entrada.

PONTOS DE VENDA:

Vendas Online: http://www.sympla.com.br (Boleto Bancário, Cartão de Crédito ou Débito)
Pontos de venda (Somente Dinheiro):
– Vida Boa: Av. Bartolomeu de Gusmão, 137 – P. da Praia / Santos
– O Temakinho: Av. Afonso Pena, 55 – Macuco / Santos
– Academia Time4 Fit: Av. Francisco Glicério, 401 – Gonzaga / Santos
– Barbearia Santista: Rua São Bento, 29 – Valongo / Santos
– Posto Ipiranga Guarujá: Av. Puglisi, 610 – Centro / Guarujá
– Lojas Sthill: Shoppings Miramar, Praiamar, Brisamar e Litoral Plaza
– IPhome Mini Gostosuras: Rua 7 de Setembro, 78 – Vila Nova / Santos
– DELÍVERY DE INGRESSOS (Dinheiro, Cartão de Crédito ou Débito):
13.97404.9325

Projeto Dó Ré Mi apresenta o universo da música clássica a estudantes

Por Secult Santos

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), o Projeto Dó Ré Mi apresenta o universo musical de uma orquestra sinfônica a 180 alunos do programa Escola Total, da Secretaria Municipal de Educação (Seduc). Participam desta edição estudantes dos Núcleos Cais Milton Teixeira, Marina Magalhães, Mario de Almeida Alcântara e Ong Vidas Recicladas. Ocorre nesta terça-feira (4), a partir das 9h30, no Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico).

Em uma hora de atividades, os 45 componentes da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS), sob a regência do maestro-assistente José Consani, demonstram os naipes dos instrumentos que compõem a orquestra e batem papo com a plateia.

Também executam canções conhecidas das crianças, como ‘Se essa rua fosse minha’, ‘Sapo Cururu’, ‘Sambalelê’ e ‘Escravos de Jó’, além dos temas do filme ‘Frozen’ e da série ‘Sítio do Pica-Pau Amarelo’. Entidades educacionais, públicas ou particulares podem agendar sessões do projeto pelo telefone 3221-2970 (ramal 1015).

Confira a programação completa do Santos Jazz Festival 2017

Por Eugênio Martins Júnior

O Santos Jazz Festival 2017 trabalhará temas com identificação às origens do jazz homenageando as mulheres, que esse ano, estão em maioria na programação.  O show de abertura será com a banda Divazz que desenvolveu um repertório especialmente para o festival, incluindo temas de Ella Fitzgerald, Nina Simone, Billie Holiday, Aretha Franklin, Esperanza Spalding, Madeleine Peyroux e outras grandes intérpretes.

Outro show conceitual é Blubell Canta Madonna que, com seu quarteto, veste com roupa jazzística os clássicos da cantora pop. E ainda Rosa Marya & Banda Jazzileira, Carla Mariani Blues com o show Jazz Divas e Dolores in Blues. Também é tema central do festival o combate a qualquer tipo de preconceito. Liniker & os Caramelows e Ellen Oléria & Banda foram os convidados para levar a bandeira da diversidade de gêneros, racial e social e respeito às diferenças.

Entre as atrações internacionais, Ari Kumar Blues Band (Califórnia – USA), Alba Santos (Espanha), Jes Condado & Banda e Trio de Cuatro (Argentina). Arcos do Valongo, nosso novo palco – A abertura do festival será no Sesc Santos com o show da banda Divazz. Os outros 16 shows acontecerão no espaço “Arcos do Valongo”, no Centro Histórico de Santos – situado ao lado da Estação de Bonde do Valongo, da Igreja do Valongo e do Museu Pelé. O espaço também fica bem próximo ao Prédio da Bolsa do Café e Casa da Frontaria Azulejada – referências históricas da cidade.

Por ser um amplo espaço, serão oferecidas outras atrações como food trucks, food bikes, bares, espaço kids (onde os pais podem deixar os filhos com monitoras), Space Maker, com impressora 3D (faça seu próprio instrumento) e Feira de Vinil. Teremos também os lançamentos do livro Blues – The Backseat Music, do jornalista Eugênio Martins Jr e do CD do Igor Willcox Quarteto. A entrada no espaço Arcos do Valongo e todos os shows são gratuitos, inclusive o do Teatro do Sesc.

Atrações

Quinta-feira, 21h – (27/07)
Abertura – Teatro do Sesc
>> DIVAZZ – Tributo às Divas Jazz (participação de Rosa Marya)

Sexta-feira (28/07)
Palco Arcos do Valongo
>> 19h – Rosa Marya & Banda Jazzileira
>> 20h30 – 50 anos dos Afro-sambas – Quizumba Latina & Lucia Spivak (Argentina)
>> 22h – Ari Kumar Blues Band (USA)
>> 23h – Liniker e os Caramelows

Sábado (29/07)
Estação do Valongo
>> 6h – 6° Valongo Motor Classics
>> 12h – Komboio Cultural
Palco Arcos do Valongo
>> 13h – Djs Santos Jazz + Feira Arts & Foods
>> 15h – Escola Simonian in Concert
>> 17h – Carla Mariani & Banda – Tributo às Divas do Jazz & Blues
>> 18h30 – Thiago Espírito Santo & Silvia Goes convidam Alba Santos (Espanha)
>> 20h – Igor Willcox 4tet
>> 21h30 – Blubell & Banda
>> 23h – Ellén Oléria & Banda

Domingo 30/07
Palco Arcos do Valongo
>> 13h – Djs Santos Jazz + Feira Arts & Foods
>> 14h30 – Banda Marcial de Cubatão – Clássicos do Jazz
>> 16h – Dolores in Blues
>> 17h – Jes Condado & Banda (Argentina)
>> 18h30 – Roberto Sion & Anaí Rosa
>> 20h – Tradicional Jazz Band

Eventos paralelos

Sexta-feira (28/07)
>> Street Jazz Band – 12 às 14h (Restaurantes do Centro Histórico)
>> Barca DH – 17h (Santos\Vicente de Carvalho)

Sábado (29/07)
>> Lançamento do livro Blues – The Backseat Music, do jornalista e produtor Eugênio Martins Júnior

Sábado (29/07) e domingo (30/07)
>> Bonde Jazz – 15 e 17h

Cine Santos Jazz – 28 a 30/07 – Sessões da 18h30 (Cine Arte Posto 4)

Oficinas:
Bateroterapia com Gus Conde, no sábado, dia 29/07, às 14h, no Auditório do Museu Pelé – máximo 80 alunos.
Link para download: http://bit.ly/gusconde_bateroterapia

A segunda oficina “Improvisação”, com Thiago Espírito Santo, dia 30/07, às 11h, no Auditório do Museu Pelé – 80 alunos.
*As inscrições para todas oficinas deverão swe realizadas por email: santosjazzoficial@gmil.com

O Palco Arcos do Valongo fica na rua Comendador Neto, 9. Atrás do Museu Pelé, no Centro Histórico de Santos.
O Sesc Santos fica na rua Conselheiro Ribas, 139 – Aparecida.

Fresno faz show no Teatro Braz Cubas dia 14

Por André Azenha

A travessia de um rio requer destreza. Sua transposição é um misto de momentos de serenidade bucólica que em poucos segundos podem transformar o curso natural das águas em marés cheias e violentas. Se fosse um disco e esse rio transitório, ele poderia ser chamado de “A Sinfonia de Tudo o Que Há”, o novo disco da banda Fresno. A obra reproduz uma jornada em ondas sonoras, onde a calma e a fúria não concorrem entre si, mas dialogam de forma ordenada numa sinfonia com começo, meio e fim.

Dizer que o álbum é uma obra ousada é se apegar a rótulos. E é justamente isso (rótulos) que o disco repele. Há muita riqueza e sensibilidade nos detalhes inseridos nas 11 faixas escritas por Lucas Silveira. A banda apresentará esse repertório, em Santos, no dia 14 de julhosexta-feira, a partir das 20h30, no Teatro Municipal Brás Cubas.

Os ingressos custam entre R$ 30 (meia-entrada do primeiro lote) e R$ 150 (o “Fresno full experiente”, com direito a acompanhar passagem de som do grupo.

“O disco foi concebido como uma ópera-rock, mas sem necessariamente fazer uso do que classifica uma obra como uma ópera. Mas eu utilizei muito da “Jornada do Herói” de Joseph Campbell para conceber o tom do disco, as quebras de ritmo e narrativa, bem como a aura das músicas. E a orquestra nos ajudou a contar essa história”, diz Lucas.

Os arranjos grandiosos são amplificados pela força da orquestra do maestro Lucas Lima. Sexto Andar, música que abre o disco, agarra o ouvinte com sua potência transcendental. A emoção, que antes vinha calçada de guitarra, baixo e bateria, agora ganha cordas, sopro e percussão vigorosos. As letras emanam espiritualidade, a busca pelo melhor dentro de cada um, sem cair em papo de autoajuda. Lucas explica como estabelece este diálogo entre a terra e o ar: “Existem ao redor do mundo pessoas preocupadas em salvar o nosso futuro, e essas pessoas pensam de maneiras diametralmente diferentes, e podem até pertencer a grupos que estão em guerra. Mas existe na natureza humana o bem, a fagulha “divina” que faz com que nos preocupemos com o próximo. O que procuro fazer com minhas músicas é inspirar os outros a encontrarem coisas boas dentro de si mesmos e trazerem isso tudo pra fora”.

Mudanças, quebra de paradigmas e o encarceramento dos medos estão espalhados entre as faixas da obra. Em Abrace Sua Sombra, o embate entre o bem e o mal é cristalino: “Levante os punhos se não quiser morrer / Depois da treva, um novo dia há de nascer / Abrace sua sombra / Abrace sua sombra e traga ela pra vida / Às vezes no escuro se encontra a saída / Peguei minhas fraquezas e vesti de canção / Cada momento é um quadro dessa exposição.”

Para este disco, o grupo formado por Lucas Silveira (vocal/guitarra), Thiago Guerra (bateria), Gustavo Mantovani (guitarra) e Mario Camelo (teclado) decidiu se desprender de qualquer amarra. Expandiu sua percepção para além do que anteriormente poderia ser uma barreira de gêneros. A participação de Caetano Veloso em Hoje Sou Trovão, portanto, se encaixa naturalmente. “Cada segundo ocupando uma mesma sala que Caetano é uma experiência antropológica valiosa. Além disso, ter sua voz eternizada numa canção nossa nos dá, além de orgulho, a chance de sermos ouvidos por outros públicos, e uma sensação de que a música brasileira é uma coisa só.”

A faixa-título, mais uma para se ouvir no repeat durante horas, extrai do seu refrão a temática de coragem do álbum. Lucas canta com sentimento aflorado: “Eu sinto que não sou capaz, mas já não posso mais olhar pra trás / A salvação é uma canção / A imensidão nas minhas mãos.” Sensibilidade e fúria percorrem uma montanha-russa emocional sempre de mãos dadas. A verdade que escorre de cada letra e melodia certamente tocará o coração dos velhos e novos fãs.

Canal no Youtube: https://www.youtube.com/user/fresnorock

Serviço:

Data: sexta-feira, 14 de julho
Horário do show: 20:30h
Abertura para o público: 20h

Ingressos:

1° Lote – R$30,00 meia ou promocional* / R$60,00 inteira
2° Lote – R$40,00 meia ou promocional* / R$80,00 inteira

Fresno Full Experience – R$150,00 – (Direito ao acompanhamento da passagem de som à partir das 18h30, assentos em locais privilegiados e fotos com os integrantes da banda).

* Ingressos promocionais validados mediante entrega de 1kg de alimento ou agasalho em bom estado na entrada do evento destinados a instituições de caridade na cidade.

Ponto de venda:

Online: TicketBrasil – https://ticketbrasil.com.br/show/5220-fresno-santos-sp/

Ponto físico: TicketBrasil – https://ticketbrasil.com.br/show/5220-fresno-santos-sp/ 
Roxy Premium Lounge
Avenida Dona Ana Costa, 465, Gonzaga, 1º piso, ao lado do Cine Roxy 4 –
Diariamente, 14h às 22h
*A partir da próxima