Arquivo da categoria: Teatro

Cia Quem sabe faz a hora encena ‘O Quebra-Nozes’

Por Thalita Góes
ç
A Cia. Teatral “Quem sabe faz a hora…” apresenta o espetáculo de teatro ‘O Quebra-Nozes’. Um conto de Natal!” nos dias 16 e 17 de dezembro (respectivamente às 21h e 20h), no Teatro Municipal Procópio Ferreira em Guarujá. Com adaptação e direção de Fátima Góes, no elenco estão: Thalita Góes, Carlos Rodrigues, Wagner Lourenço, Camila Lima, Caroline Visentim e Thay Almeida.
.
E neste espetáculo de fim de ano, também conta com a participação de alunos da Oficina de Teatro da Cia., são eles: Paulo Eduardo Oliveira, Kamilly Barbosa, Clara Canuto, Júlia Blade, Janyffer Cordeiro, Emanuella de Lima, Stephanny Nobre, Júlia Prado e Kailayne Nunes. Os ingressos vão de R$ 20 a R$ 40.
.
“O Quebra-Nozes” é um espetáculo belíssimo que reúne teatro, musica e dança, trazendo uma história clássica de Natal, conhecida em todo o mundo, com muita luz, cenografia e figurinos criados especialmente para trazer o clima mágico do natal.
.
Na noite de Natal a menina Marie ganha de sua Dinda um boneco de aparência humana, um Quebra-Nozes, sua irmã, porém, quebra o pobre brinquedo, deixando Marie muito triste, então a menina pega o boneco quebrado e o abraça consolando-o, tão logo a menina adormece, coisas incríveis acontecem.
.
Após uma grande batalha com o Rei Rato e seus camundongos o valente Quebra-Nozes parte em uma fantástica viagem com a menina Marie pela terra das neves e dos doces, vivendo assim uma mágica aventura de natal.

Anúncios

Adaptações de Tchekhov e Belinky são encenadas em Cubatão

Por Lincoln Spada

Baseada no clássico de Tchekhov, a peça ‘As Irmãs Prozorov’ será encenada pelo grupo Canteiro de Obras Teatrais na modalidade ‘pague quanto quiser’neste domingo (dia 10), às 20 horas, no Galpão Cultural (Parque Anilinas). O espaço público é um ambiente já compartilhado por grupos teatrais locais com apoio da Prefeitura via Secretaria de Cultura.

No enredo, três irmãs russas estão comemorando o aniversário de uma delas, mas o clima não é muito festivo. No decorrer da trama, o público reconhece aos poucos o sufoco emocional de cada uma das protagonistas, todas em busca de voltar para a cidade de origem. Assim, a peça busca retratar dramas e sentimentos universais.

Com direção e adaptação de Ivan da Conceição, o elenco é formado por Lucia Oliver, Katia Lira e Mariana Nunes. A assistência de produção é de Adriana Oliveira, figurino de Angélica Peralta e iluminação de Alisson Araújo.

Quero a Lua

Por sua vez, os alunos da oficina infantil de teatro da Secult apresentarão gratuitamente a peça ‘Quero a Lua’, de Tatiana Belinky, neste sábado (dia 9), às 19h30, na sala 2 do Centro Multimídia do Parque Anilinas.

A trama aborda a história de uma princesa que, por ter tudo que deseja, uma vez cisma de ter o satélite terrestre. Um astrólogo, um ministro e um bobo da corte se juntam então com a rainha em busca do sonho da criança. A direção é de Vanessa Souza, que também ministra as oficinas teatrais da Secult.

Teatro Serafim Gonzalez recebe espetáculo Doutora Brinquedos

Por Prefeitura de Praia Grande
 .
Sábado (9) é dia da criançada participar de toda a magia e encanto da Doutora Brinquedos no Teatro Serafim Gonzalez. O espetáculo Doutora Brinquedos – Ajudando o Papai Noel será apresentado às 17 horas.
.
O Teatro Serafim Gonzalez fica no Palácio das Artes, na Avenida Presidente Costa e Silva, 1.600. Os ingressos custam R$ 40 reais inteira e R$ 20 meia, com promoção especial para quem comprar antecipadamente (R$ 35 inteira).
.
A garotinha de seis anos Dottie resolve que quer ser médica como sua mãe, e ao usar seu estetoscópio, seus brinquedos ganham vida e a ajudam a curar os problemas de seus amigos. O espetáculo tem classificação livre e passa mensagens sobre solidariedade e respeito, além de ensinar a criançada sobre como manter uma vida saudável.

Bravo! 2º Festival de Música Orquestral de Santos realiza noite de gala

Por Secult Santos
.
O Bravo! 2º Festival de Música Orquestral de Santos apresenta a ‘Noite de Gala’, com concerto da Orquestra Acadêmica formada pelo projeto, nesta sexta-feira (8), às 20h30, no Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237, Centro Histórico). A performance terá a participação especial do Clube do Choro e de músicos convidados da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS). A entrada é gratuita.
.
Formada pelos bolsistas que cursaram as oficinas e master classes de música da 2º edição do Festival, todas realizadas no Centro de Atividades Integradas (Cais) Milton Teixeira, a Orquestra Acadêmica apresenta obras de Mozart e Pixinguinha, compositores que foram tema do projeto: ‘Classicismo e Mozart – 120 Anos de Pixinguinha’.
.
Completam a apresentação os convidados Marley Chamorro, Lucas Moraes, Matteus Farias, Agnaldo Pedroso, Jonatas Silva, Jeff Moura e Leandro Pires (monitor do Bravo!), todos integrantes da OSMS. Também participam, pelo Clube do Choro, os músicos Juan de Souza Santos, Mariana Fernandes de Oliveira, Juarez Menezes de Alencar Júnior, Luan Pablo dos Santos Pinho, Nathan Furlan Valente, Davi Cesar Britto de Souza, Marcelo Coelho e o professor Marcelo Amazonas Martins.
.
Master classes abertas ocorrem nesta terça e quarta-feira
.
A 2ª edição do Festival de Música Orquestral de Santos realiza nesta semana master classes para alunos inscritos no festival e público em geral. As atividades têm início às 19h30. Nesta terça-feira (5) a aula é com o contrabaixista francês Thibault Delor. Já na quarta-feira (6) é a vez do trompetista Thiago Araújo transmitir seus ensinamentos. Toda a programação, com entrada franca, ocorre no Cais Milton Teixeira (Av. Rangel Pestana, 150, Vila Mathias). Mais informações pelo tel. 3202-3570. A realização é do Departamento de Formação e Pesquisa Cultural (Deforpec), da Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Monólogo intimista está em cartaz nesta sexta no Galpão Cultural

Por Lincoln Spada
.
De tom intimista, o monólogo santista ‘Gotas de Codeína’ é o novo espetáculo em cartaz no Galpão Cultural. Para maiores de 16 anos, a sessão será realizada nesta sexta-feira (dia 1º), às 20 horas, no galpão do Parque Anilinas (Centro), no sistema pague quanto puder.
.
A peça aborda a crise de Cesar, um homem de cotidiano comum, em profunda depressão mesmo aparentando contente com sua rotina. Revelando as camadas de alguém que vive atrás de máscaras, sem coragem de assumir a sua identidade, esse espetáculo já foi indicado em 2015 ao Prêmio Papo Mix da Diversidade.
“Até que ponto podemos fugir do que realmente somos? Vale a pena viver uma vida pela metade?”, reflete em cena o ator Luiz Fernando Almeida. Ele assina a trilha sonora junto de Wagner Parra, tem a direção de Paula D’Albuquerque e conta com dramaturgia de Diego Lourenço. A obra é da Superbacana Produções, patrocínio do Bazar Cafofo e apoio dos coletivos teatrais locais e Secult.

Cinema, teatro e dança neste fim de semana em Santos

Por Secult Santos
.
‘David Lynch – A Vida de um Artista’ chega ao Cine Arte
.
Em uma jornada íntima, o documentário ‘David Lynch – A Vida de um Artista’ narra os anos que formaram a vida do cineasta responsável por filmes como ‘O Homem Elefante’. ‘Eraserhead’, ‘Veludo Azul’ e ‘Cidade dos Sonhos’, além da cultuada série ‘Twin Peaks’.
.
Desde sua criação em uma pequena cidade até a vida nas ruas escuras de Filadélfia, acompanhamos Lynch, que traça os eventos principais para a sua formação. Em cartaz de quinta-feira (30) ao próximo dia 6. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4. Orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3. Os ingressos custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00. Classificação: 12 anos.
.
Trilogia Miyamoto Musashi continua na Cinemateca
.
A Cinemateca de Santos exibe o último filme da trilogia baseada no renomado romance ‘Musashi’, escrito por Eiji Yoshikawa e publicado em capítulos no Japão, em 1935, no jornal Asashi Shimbun: ‘Samurai III: Duelo na Ilha Ganryu’. Sábado (2). 20h. Rua Xavier de Toledo, 42. Gratuito.
.
‘O Pequeno Príncipe’ é dica no Coliseu 
.
A Academia Contra Passo apresenta espetáculo inspirado na obra do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry. Sexta-feira (1º), sábado (2) e domingo (3), às 20h30. Teatro Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Ingressos de R$ 60 a R$ 160.
.
‘Moana – Um Show de Aventuras’ estará em dança no Municipal
.
Montado pela Engenharia da Dança, o espetáculo é inspirado no desenho produzido pelo Walt Disney Animation Studio. Ambientado na Polinésia antiga, se desdobra quando uma terrível maldição atinge a ilha onde vive Moana. Sessões: dias 6 e 7, às 20h, e dia 8 às 20h30. Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Entrada a R$ 80.
.
Domingo (3) traz ‘Corcunda de Notre Dame’
.
Com interpretação da Oficina de Atores de São Paulo – Pinheiros e do Grupo TECE de Teatro Experimental, o conto de Victor Hugo traz a história do corcunda que toca os sinos da Catedral de Notre Dame, em Paris.
.
Ao se apaixonar por uma cigana, ele deve enfrentar a ira de um juiz com más intenções e o julgamento da população. A adaptação e direção são de Niveo Diegues. Domingo (3). 15h. Teatro Guarany (Praça dos Andradas). Ingressos a R$ 40.

Kleber Serrado lança “A Rota do Indivíduo” no teatro do SESC Santos

Por Sarah Mascarenhas
.
A história desse projeto teve início há aproximadamente um ano. A busca por sua identidade musical foi longa, e hoje, Kleber Serrado, cantor paulistano radicado em Santos, sabe que está atrelado à busca do ser humano pela inteireza. Assim surgiu um grande projeto construído em etapas. No próximo dia 9 de dezembro (sábado), no teatro do SESC Santos, às 20h, o público poderá conhecer uma dessas etapas, o show “A Rota do Indivíduo”, que percorre o processo da expansão da consciência por meio de canções da MPB. Entradas variam de R$ 5 a R$ 17.
.
Kleber já está na estrada da música há mais de uma década e, como todo artista, passou pelo processo de compreender para onde a música o levaria e onde gostaria de chegar. Numa imersão profunda de “quem é esse cantor?”, Serrado conclui: “Quando ouço uma música eu vejo uma pessoa, e vivo a busca constante por encontrá-la e conhecê-la mais de perto”.
.
Entre “Âmbito”- primeira série com 15 vídeos disponível em seu canal do Youtube e “A Rota do Indivíduo” existe uma fase intermediária, que leva o nome de “Elo”. O intuito desta ação é apresentar a música da maneira como Kleber acredita – “A música deve ser tocada com simplicidade, trazer um grau de pureza em que ela fique nua diante dos sentidos mais profundos do interlocutor”, explica. A fase “Elo” foi inserida nesse show e tem como proposta apresentar algumas músicas “desnudas”.
.
“A Rota do indivíduo”
.
A apresentação dará continuidade a série de vídeos “Âmbito”, lançada em dezembro do ano passado, no canal do Youtube de Kleber. Nesta etapa do projeto, o objetivo era reunir canções e parceiros para falar sobre o que move a vida de tanta gente, além de executar canções que representassem a beleza dessa arte.
.
Inspirado por artistas como Milton Nascimento, Renato Braz, Vitor Ramil, Gilberto Gil, Raul Seixas, Vander Lee, Lenine, Renato Motha e outros, a preparação do show exigiu de Serrado um cuidado extremo com a escolha do repertório. “São canções que agradam ao público de modo geral, mas que trazem questionamentos, gerando um certo incômodo diante da busca pelas respostas, da fragmentação à consciência da inteireza”.
.
Todo o show foi pensado para trazer à tona a força da música como ferramenta humana, desde a montagem do palco até o cenário e a interação com o público, tudo pensado para mexer com espectador.
.
Acompanhado dos músicos Alexandre Birkett (viola e guitarra), Bruno Conde (violão), Lenon Rodrigues (cello), Rodrigo Vilela (Sax) , além das participações especiais de Mateus Sartori (Voz) e Breno Ruiz (piano), o show é uma preparação da mensagem que virá no disco “Kairós”, seu quarto álbum, previsto para 2018. O álbum trará canções inéditas, compostas por amigos que fazem parte dessa trajetória. O tema central das canções será a “busca da transcendência através da consciência”, mas sem misticismo ou qualquer forma de segmentação.
.
O artista acredita que vivemos esse momento de sair da superficialidade, de entender quem somos e como queremos viver, para que no futuro possamos construir uma sociedade mais consciente, altruísta, colaborativa e responsável. Então, aproveite para que você se reconheça nessa rota como indivíduo que és, afim de iniciar a jornada do “busca-te a ti mesmo” tendo a música como companhia.
.
Kleber faz o convite: “Convido cada um de vocês para participar desse encontro e, que juntos possamos olhar e ressignificar algumas canções nessa rota que nos torna mais humanos. Venham todos! Espero vocês no dia 9 de dezembro, às 20h”.
Acompanhe o intérprete através do site oficial e redes sociais.