Arquivo da categoria: Teatro

Revisitando a Grécia, alunos da ETMD brilharão no Palácio das Artes em PG

Por Lincoln Spada
.
No principal palco público de Praia Grande, os estudantes da ETMD – Escola Técnica de Música e Dança Ivanildo Rebouças da Silva apresentam o espetáculo ‘Terpsícore – Dançando os mitos da Grécia Antiga’. A sessão será nesta sexta-feira (dia 20), às 20 horas, no Teatro Serafim Gonzalez, no Palácio das Artes (Av. Pres. Costa e Silva, 1600, Boqueirão). Ingressos de R$ 10,00 a R$ 20,00.
.
Tantas vezes revisitados pela arte ocidental, a mitologia clássica será então representada por meio do corpo em movimento. No evento, haverá diversas coreografias, entre elas, as que abordam o mito da criação através da deusa Gaia, o trio de irmãos Zeus, Hades e Poseidon, a história das ninfas da Flores, das Águas e das Flores, as amazonas, as bacantes e as musas, em especial, da Astronomia (Urânia), da Música (Euterpe) e da Dança (Terpsícore).
.
A direção é assinada por Reginaldo Alves do Nascimento, a assistência de direção por Cecília Beu, tendo como coordenação pedagógica e artística respectivamente Fulvio Caratin e José Rey. O corpo docente é formado por Marilene Ferreira, Simone Lacerda e Fernanda Nascimento, com figurinos assinados por Lúcia Calimam, Dina Gomes e Pigão.
.
Com realização da Associação de Pais e Mestres da ETMD, da Prefeitura de Cubatão e da Secretaria de Educação, o mesmo espetáculo ocorreu no último dia 17, no Teatro Braz Cubas, em Santos. A ETMD funciona na Av. Nações Unidas, 168, Vila Nova. Informações: (13) 3372-9236.
Anúncios

Ciclo de estudos do TEP conta com oficina de dança meditativa

Por TEP/Unisanta
.
No ciclo cítrico de teatro ‘O Corpo de Afrodite’, do Teatro Experimental de Pesquisas (TEP/Unisanta), acontece a oficina de prática corporal ‘Dança Meditativa’, de Samaa Hamraa. A atividade gratuita será neste sábado (21/out), das 10h às 12h, na universidade (Rua Oswaldo Cruz, 255, sala D52/Santos).
.
Samaa iniciou seus estudos na dança do ventre em 2005 e em 2008 começou a ministrar aulas. Em 2017 desenvolveu a dança meditativa, método de orientação no processo de autoconhecimento e autocura através dos movimentos da dança do ventre.
.
Um mergulho interior, resgatando, resignificando e liberando emoções e sentimentos e traumas, fazendo com que a dança meditativa tenha um resultado terapêutico. A consciência corporal obtida nos exercícios e passos de dança promovem o autoconhecimento, a atenção para o seu mundo interior, a aceitação de si mesma, o discernimento de separar o que vem da sua essência do que vem de fora e assim se libertar.
.
Ouvindo os próprios sentimentos, valorizando as próprias experiências e se assumindo como um ser único é possível entender em que parte do processo de liberação está para poder finalizá-lo de uma forma saudável. O grupo orienta que o aluno venha com roupa confortável para a prática corporal.

Comédias e fábulas integram a agenda dos teatros de Santos

Por Secult Santos

‘StomdUp’ tem Tom Cavalcante como protagonista

O humorista Tom Cavalcante apresenta o espetáculo ‘StomdUp’. Os arranjos musicais têm direção dos maestros Lucas Lima e Eduardo Lages, consagrado como o maestro de Roberto Carlos. No palco, Tom traz suas imitações de grandes nomes da música, entre outras surpresas.

Cada apresentação tem seus diferenciais, pois o humorista trabalha suas crônicas e piadas em cima das atualidades do Brasil e do mundo, com uma boa dose de improviso. Também entram em cena personagens como João Canabrava, o velho contador de causos Sr. Venâncio e a petulante doméstica Jarilene. Sábado (21). 21h. Teatro Coliseu (Rua Amador Bueno, 237/Santos). Os ingressos custam de R$ 35,00 a R$ 90,00.

‘Capítulo 1… Somos Feitos de História’ tem aventura

Produzida pelo Colégio Anglo Santos, a peça ressalta a importância da escrita da nossa história. A montagem aborda a obra dos Irmãos Grimm, que levam a plateia a um universo mágico, onde existe o chamado ‘Livro de Todas as Histórias’. Cansados de tanto trabalhar na Sociedade de Autores Mundialmente Brilhantes e Aclamados (Samba), Jacob e Wilhelm decidem tirar umas férias.

Convidam alguns dos mais famosos escritores para assumirem seus lugares e cuidar do grande livro, porém, todos os convites são recusados. Eis que, por um fato inusitado, surgem seis adolescentes comuns, que vão disputar esses cargos. Dia 25. 20h. Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48/Santos). O ingresso será trocado por 1 lata ou pacote de leite em pó, a ser destinado ao Fundo Social de Solidariedade de Santos.

C1 & C2 comemoram ‘25 Anos de Estrada’

A dupla de humoristas C1 & C2 comemora 25 anos de carreira. Ambos relembram personagens e esquetes que fizeram sucesso durante a trajetória do duo, como o Robocop Gay e Plumas de Ferro de Bruce Lee, além de novas interpretações. A apresentação será gravada e lançada em DVD. Sábado (21). 21h. Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Sen. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias). Os ingressos custam R$ 25,00 e R$ 50,00.

 

Galpão Cultural reúne teatro infantil todo sábado e domingo de outubro

Por Lincoln Spada

Repleta de metáforas e aventuras sobre a sustentabilidade, o ambiente lúdico que envolve a peça ‘Onde Está o Guará?’, do Coletivo 302, volta em temporada aos sábados de outubro (dias 21 e 28), às 16 horas, no Galpão Cultural (Parque Anilinas), no Sistema Pague Quanto Quiser.

Fruto de criação coletiva, a peça tem no elenco Sandy Andrade, Matheus Lípari, Andrea Doria e Mayara Andrade. Ave-símbolo da recuperação ambiental do município, o Guará Vermelho é o personagem protagonista do espetáculo, que aborda sobre a memória e a valorização de Cubatão.

Já aos domingos (dias 22 e 29), às 16 horas, o Galpão Cultural continua com a temporada do teatro infantil ‘Os Músicos Saltimbancos’. A fábula cantarolada narra a jornada de quatro animais que, sentido-se explorados por seus donos, migram para a cidade tentando a sorte em suas vidas artísticas.

Realizadas pelos artistas independentes de Cubatão, as sessões também funcionam no Sistema Pague Quanto Quiser. Ambas as temporadas ocorrem em espaço público de ocupação artística com apoio da Prefeitura Municipal via Secretaria de Cultura.

 

‘A Terra pode ser chamada de Chão’ em cartaz no Teatro Braz Cubas

Por ONG TamTam
.
Mais de 70 pessoas, entre técnicos, elenco e direção participam da nova sessão do espetáculo ‘A Terra pode ser chamada de Chão’. A peça será apresentada no dia 22/out, às 19h, no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48/Santos). Os ingressos a R$ 15 podem ser obtidos na ONG TamTam, no mesmo endereço. Informações: 97408-7395.
.
Concebida e dirigida por Renato Di Renzo, a obra de teatro físico é pensada a partir da ‘Carta da Terra’ (Unesco/2000), refletindo sobre o fio condutor do documento internacional: “Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a Humanidade deve escolher o seu futuro.”
.
A partir do próprio figurino e objetos cênicos – completamente reutilizados -, o diretor propõe um olhar ampliado e sensível sobre a geração de uma sociedade sustentável global, baseada no respeito a natureza, nos direitos humanos universais, na justiça e na cultura da paz e da inclusão.
.
A primeira edição deste trabalho esteve no Festival Internacional de Teatro em Portugal no ano de 2009 e foi apresentada numa versão menor, com 23 participantes, sendo totalmente entendida e absorvida pelo público presente, que demonstrou emoção e sensibilidade com uma altíssima receptividade, por crianças, jovens, adultos e idosos, no Teatro São Pedro na cidade de Abrantes.
.
Ficha Técnica |  Concepção e Direção: Renato Di Renzo; Assistência: Thays Ayres; Produção: Claudia Alonso; Iluminação: Jeferson Silva; Sonoplastia e Sonorização: Genesis Robson, Sol Martinez, Luiz Arcas, Rogério Dias e Rosângela Santos; Preparação Corporal: Claudia Alonso; Maquiagem: Thays Ayres e equipe; Fotografia: Fernando Alonso e Priscilla Novaes; Técnica e Cenotécnica: Mariana Salgado, Gilvan Xavier, Jucilene Bueno, e Angela Fortes.

Caravana da Arte envolve praças do Casqueiro e Vila São José

Por Lincoln Spada
.
As praças de Cubatão serão epicentros de artes variadas neste próximo final de semana. É o projeto Caravana da Arte, que realizará programações gratuitas na sexta-feira (dia 20), na Praça da Cidadania (Vila São José) e no domingo (dia 22), na Praça Independência (Jardim Casqueiro).
.
No primeiro dia, a partir das 15 horas, acontece o Jongo dos Cafezais, com a Associação Zabelê de Cultura Popular, às 16h10, é a vez do espetáculo ‘A Folia no Terreiro do Seu Mané Pacaru’, do grupo Mamulengo da Folia. Já às 17h20, entra em cena a Banda Dr. Júpiter e o clube de dança Criart’s. Na hora seguinte, é a vez do mesmo clube embalar a plateia com o Trio Agostino e Petrolina a Juazeiro.
.
Já no domingo, às 15 horas, o próprio trio arremata o público com o clube de dança, seguido às 16h10 da peça ‘A Folia no Terreiro do Seu Mané Pacaru’. Por volta das 17h20, está previsto o show da Banda Paz com o grupo Criart’s e, às 18h20, quem finaliza a mostra é o grupo Zabelê de Cubatão. Em ambos os dias, haverá nos intervalos das apresentações a intervenção artística ‘Abbacircus’, além da performance ‘Consulta sua história de amor’, com Patrícia Vignolli e o Realejo da Sorte.
.
O projeto Caravana da Arte é uma realização do Governo do Estado via ProAC-ICMS com a Usiminas e a Cooperativa Paulista de Teatro. A parceria do Pop e Estima Cultural e apoio do Instituto Cultural Usiminas e da Prefeitura Municipal de Cubatão via Secult.

Em SV, estão abertas as inscrições para a Encenação 2018

Por Prefeitura de São Vicente

.
O maior espetáculo em areia de praia do mundo está de volta. A partir dessa terça (17), os interessados em participar da Encenação da Fundação da Vila de São Vicente já podem fazer a inscrição para participar do grande elenco da apresentação que integra os 486 anos da Cidade, celebrados em 22 de janeiro.
.
A expectativa da Secretaria de Cultura é de contar com cerca de 1 mil atores da comunidade vicentina. As inscrições podem ser realizadas em dois locais: Parque Cultural Vila de São Vicente (Praça João Pessoa – Centro) ou Subprefeitura da Área Continental (Avenida Ulysses Guimarães, 211 – Jardim Rio Branco) até o dia 27, das 9 às 17h. Nos dias 21 e 22 (fim de semana), o Parque fará plantão.
 .
Para se inscrever, é necessário apresentar um documento de identidade e uma foto 3×4. A idade mínima é 12 anos. Menores de idade devem ter a permissão dos pais ou responsáveis para participar.