Arquivo da tag: curso

Estação das Artes abre inscrições para cursos e workshops nesta semana em Cubatão

Por Lincoln Spada
.
Em sua programação trimestral, a Secretaria de Cultura de Cubatão conta com novidades na Estação das Artes, principal espaço de formação artística. Estão abertas as vagas gratuitas para os cursos livres de iniciação às Artes Plásticas, em turmas às quartas e quintas-feiras, das 14 às 16 horas e às quintas-feiras, das 9 às 11 horas. O público alvo é quem tem de 7 a 10 anos.
.
Por sua vez, o equipamento municipal também abre inscrições nesta semana para o workshop de Pintura Contemporânea, que terá início no próximo dia 24 e segue até 12 de dezembro, sempre às terças-feiras, das 19 às 22 horas. Ainda, workshop Flower Crafts (flores gigantes em papel), durante o mesmo período, às terças-feiras, das 14 às 16 horas, e de Quilling (arte em papel), entre os dias 23 de outubro e 11 de dezembro, às segundas-feiras, das 14 às 16 horas.
.
Ao todo, mais de 300 alunos participaram das turmas de cursos livres ofertados pela Estação das Artes este ano. Mantido pela Prefeitura via Secult, o espaço público está situado na Avenida 9 de Abril, 1208, funcionando em horário comercial de segunda a sexta-feira. Outras informações pelo telefone (13) 3361-4656 ou pelas redes sociais (fb.com/cubatao.estacao).
Anúncios

Inscrições abertas para curso de capacitação para projetos socioculturais em Cubatão

Por Lincoln Spada

Estão abertas até a próxima quarta-feira (dia 18) as vagas para a 1ª Capacitação em Elaboração de Projetos. Trata-se de uma iniciativa inédita realizada pelo Conselho Comunitário Consultivo (CCC) do Polo Industrial de Cubatão, com apoio do Centro de Integração e Desenvolvimento Empresarial (Cide) e Prefeitura via Secretaria da Cultura.

A proposta tem o objetivo de contribuir para a qualificação de comunidades e entidades de Cubatão para elaboração de projetos voltados às áreas de cultura, esportes e assistência social. Além disso, também abordará captação de recursos e relacionamento com a iniciativa privada e Poder Público.

Da criação de uma entidade até a gestão de plano de negócios, a atividade formativa é dividida em 10 módulos e tem início no próximo dia 24. “A proposta do curso é capacitar pessoas que possam transformar ideias em projetos bem executados e monitorados, tendo como foco o benefício comum. Esta ação confirma o potencial de Cubatão em promover as mudanças de forma coesa e articulada”, detalha a coordenadora do CCC, Helga Vieira.

Por sua vez, o gerente do Cide, Valmir Ramos Ruiz, destaca: “A Capacitação em Elaboração de Projetos é mais um compromisso da Indústria com a Agenda 21 de Cubatão. É um grande passo para o desenvolvimento da Educação e Qualificação nas comunidades e notoriedade de seus projetos”.

As vagas para o curso são destinadas a lideranças comunitárias, representantes de entidades e associações, além de demais munícipes em geral que tenham propostas de ações com potencial de desenvolvimento. As inscrições devem ser feitas diretamente no Cide (Praça Getúlio Vargas, 20/Cubatão). Outras informações: (13) 3361-1388.

 

Oficina de fotografia expande aptidões culturais em PG

Por Prefeitura de Praia Grande

Na tarde de terça-feira (25), mais de 30 alunos participaram do encerramento da Oficina de Fotografia – Especial Férias e o encontro ocorreu na sede da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve), que está localizada no Bairro Tupi. O objetivo do curso foi desenvolver as aptidões culturais e artísticas, integrando os alunos por meio da fotografia.

O subsecretário de Assuntos da Juventude, Augusto Schell, agradeceu aos alunos, que durante cinco encontros participaram ativamente do curso. “Essa segunda turma teve uma grande procura e esperamos que na próxima tenhamos ainda mais participantes”.

A aposentada Sueli Barreira Peres, de 63 anos, ficou sabendo do curso quando estava fazendo suas atividades nos programa Conviver, que fica no mesmo prédio da Subjuve e, então, resolveu participar. Peres acredita que o curso lhe deu uma nova visão sobre o que é a fotografia. “Nunca tinha participado de nenhum curso dessa área e aprendi a centralizar, a mexer em aplicativos e alguns recursos da câmara. Tenho planos de fazer outros cursos para ampliar meus conhecimentos”, ressalta a aposentada.

O estudante de fotografia e morador de Jundiaí Rafael Pereira, de 19 anos, está passando férias na Cidade e ficou sabendo do curso por intermédio de uma amiga. Pereira ainda não teve a parte prática na graduação e por isso resolveu fazer o curso. “Estou aprendendo agora um pouco da parte prática e quando voltarem as aulas na faculdade estarei à frente da minha turma”.

A Subjuve realiza diversos programas com o objetivo de integrar a comunidade praia-grandense e está localizada na Rua Xavantes, 51, dentro do Vivência Tupi, no Bairro Tupi. Outras informações sobre os cursos e programas realizados podem ser obtidas pelo telefone: 3496-5684.

 

Teatro do Kaos abre inscrições para curso de teatro até dia 13

Por Alessandro Atanes

Até 13 de janeiro, o Teatro do Kaos recebe inscrições para o Curso de Teatro. Elas devem ser feitas na sede do grupo, na Praça Coronel Joaquim Montenegro, 34, no Largo do Sapo, em Cubatão, de segunda a sexta-feira, das 17h às 20h. Os interessados devem comparecer munidos de RG, CPF e comprovante de residência (originais e cópias).

São 140 vagas, divididas entre os níveis iniciante, intermediário e avançado. As aulas ocorrerão de uma a quatro vezes por semana, de acordo com o módulo. São 20 vagas no Avançado – Qualificação Profissional (16 a 29 anos), 100 vagas no módulo Iniciação (12 a 17 anos) e 20 vagas no Intermediário (acima de 60 anos). “Todas as turmas apresentarão um espetáculo na conclusão do curso. Ao todo, serão encenadas oito peças gratuitas. Com isso, estaremos trabalhando a formação da plateia e incentivando a criação de novos grupos de teatro”, afirma o idealizador e gestor do projeto, Lourimar Vieira.

O Projeto Evolução é patrocinado pela Copebrás através da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) do Ministério da Cultura. Tendo início agora em 2017, o novo projeto dá continuidade às ações de formação realizadas nos últimos anos por meio dos projetos Superação (2011 a 2015) e Ação Cênica (2016) que, juntos, atenderam cerca de 1.660 alunos.

“O objetivo do Projeto Evolução é que ele continue a trazer benefícios para a nossa sociedade através da arte. Oferecer aos jovens a oportunidade do contato com atividades lúdicas e culturais, além de despertar o gosto pela arte cênica. Dessa vez incluindo idosos, que pela primeira vez participarão do projeto, tendo a chance de estudar e compartilhar experiências. A inclusão desse público foi pensada em parceria com a Copebrás. O teatro ajuda no autoconhecimento e desperta a criatividade”, diz Vieira.

Para participar do projeto, é necessário estar dentro da faixa etária requisitada para cada módulo e ser morador na cidade de Cubatão. É obrigatório também que o candidato esteja estudando ou tenha concluído o Ensino Médio. As aulas serão ministradas no próprio Teatro do Kaos. Mais informações em http://www.teatrodokaos.com.br ou pelos telefones (13) 99124-7470 e 3372-7211.

Curso aborda geração que transformou Hollywood e o cinema

Há 40 anos, filmes como “Taxi Driver”, “Todos os Homens do Presidente”, “Carrie, a Estranha”, “Rocky, Um Lutador”, “Rede de Intrigas”, entre outros, tornavam 1976 um dos anos mais celebrados do cinema dos EUA. Estes e muitos outros filmes fizeram da década de 70 um período especial para a produção cinematográfica do país: a Nova Hollywood, um movimento que trouxe à tona jovens cineastas que se inspiraram no “cinema de autor” da nouvelle vague francesa e romperam de vez com o velho sistema de estúdios.

Nessa época, despontaram nomes como Francis Ford Coppola, Martin Scorsese, Steven Spielberg, George Lucas, Brian de Palma, Peter Bogdanovich, Michael Cimino, Paul Schrader, William Friedkin, Robert Altman, Arthur Penn, John Boorman, Mike Nichols, Sidney Lumet e Hal Ashby, que modificaram o funcionamento da indústria hollywoodiana. Distribuição, produção, relação com estúdios, temas e técnicas foram inovados.

E, especialmente, os diretores passaram a ter um protagonismo que não possuíam até então. Frutos desse período são filmes como “Easy Rider”, “Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas”, “O Poderoso Chefão”, “O Franco Atirador”, “Taxi Driver”, “Tubarão”, “Apocalypse Now”, “Star Wars”, “O Exorcista”, entre muitos outros. Dos atores, surgiram nomes como Robert De Niro, Al Pacino, Dustin Hoffman, Dennis Hopper, Jack Nicholson, Warren Beatty, Gene Hackman, Faye Dunaway e Meryl Streep.

Pela importância histórica e sua influência até hoje, este movimento será tema do curso “A Nova Hollywood – Como uma geração transformou o cinema dos EUA”, que será ministrado durante o mês de julho pelo jornalista e crítico André Azenha, na Open House Idiomas (Rua Minas Gerais, 85, Boqueirão).

O curso terá 12 horas-aulas divididas em quatro dias, com turmas segundas, sextas e sábados de julho. Às segundas e sextas, os encontros acontecerão das 19h30 às 22h30 e, aos sábados, as 8h30 às 11h30. Durante as aulas, o professor abordará o início da Nova Hollywood, as referências e trajetórias dos principais cineastas desse período, bem como eles influenciaram o cinema internacional. Serão mostrados e analisados trechos de filmes.

O investimento é R$ 200, valor que pode ser pago em dinheiro ou boleto bancário. As matrículas podem ser efetuadas na própria escola, entre segunda e sexta, a partir das 15h. Maiores informações pelo email jornalista.andreazenha@gmail.com, pela páginawww.facebook.com/andreazenha01 ou no telefone da escola: 13 – 3289-4660.

Serviço:
“A Nova Hollywood – Como uma geração transformou o cinema dos EUA”
Três turmas em julho
Turma 1 – Segundas (4, 11, 18 e 25 de julho), das 19h30 às 22h30
Turma 2 – Sextas (8, 15, 22 e 29 de julho), das 19h30 às 22h30
Turma 3 – Sábados (9, 16, 23 e 30 de julho), das 8h30 às 11h30
(Sempre com intervalo de 10 minutos).
Matrículas, de segunda a sexta, a partir das 15h, na Open House Idiomas, Rua Minas Gerais, 85, Boqueirão.
Investimento: R$ 200 (dinheiro ou boleto bancário).

Maiores informações: 13 3289-4660
jornalista.andreazenha@gmail.com
www.facebook.com/andreazenha01

Sobre o professor:

André Azenha é jornalista, crítico de cinema e produtor cultural. Colaborou com textos sobre cinema e música para revistas, jornais e sites de Santos, São Paulo, Limeira, Maceió e Rio de Janeiro.

Ministra cursos e oficinas de cinema e jornalismo cultural. Entre eles, “Introdução à História, Teoria e Crítica de Cinema” e “Grandes Astros do Cinema” (Open House Idiomas), “Quadrinhos no Cinema” e “História do Batman no Cinema” (ambos no Sesc Santos).

Realiza um projeto de cinema itinerante que percorre bairros de Santos em sessões de filmes seguidas por bate-papos.

É idealizador da Mostra Cine Brasil Cidadania, que visa exibir longas do cinema nacional seguidos de debates com seus realizadores, e Nerd Cine Fest Santos – Festival de Cinema e da Cultura Nerd e Geek do Litoral Paulista.

Colaborou com o crítico Rubens Ewald Filho entre 2008 e 2009. Também trabalha como assessor de imprensa. Dentro da área de cinema: é assessor de imprensa do Cine Roxy, fez a assessoria da itinerância da Mostra Internacional de São Paulo de 2014, em Santos, e da mostra em homenagem ao cineasta Marcelo Gomes (2015), ambos a convite do Sesc.

Em 2011 mediou os debates do ciclo Documentários Comentados. Já realizou mais de cem bate-papos sobre cultura na cidade de Santos, vários deles dentro do projeto CulturalMente Santista, que integra o calendário oficial do município.

Tem dois livros artesanais publicados em 2012: Coletânea CineZen, que reúne textos do site, e “Meu Namoro com o Cinema”, com críticas de filmes que abordam de alguma forma o amor. Em 2016, publicou o livro “Histórias: Batman e Superman no Cinema”.

*André Azenha

Quiloa apresenta o maracatu para jovens e crianças no São Bento

Em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura (Secult), a Associação Cultural Quiloa leva ao Complexo Esportivo e Cultural Marina Magalhães (Av. Getúlio Vargas, s/nº, sopé do Morro São Bento) o projeto ‘Quiloa Maracatu na Escola’.

Com o intuito de despertar o interesse de alunos e comunidade para a manifestação cultural maracatu, a oficina tem a proposta de desenvolver a arte e o trabalho com música, percussão, dança, canto, artes cênicas, plásticas e a história do povo negro no País.

O projeto é destinado a crianças de 6 a 14 anos de idade. Os interessados devem comparecer ao Complexo Cultural e Esportivo entre os dias 7 e 10 de junho, levando RG ou certidão de nascimento, comprovante de residência e uma foto 3×4, além de documento dos pais ou responsáveis.

A oficina tem vagas limitadas (20) e começa no próximo dia 15. As aulas ocorrem sempre às segundas e quartas-feiras. Outras informações pelo telefone 3202-3568 ou 3202-3570.

Maracatu
O maracatu de baque virado é uma manifestação da cultura brasileira nascida no estado de Pernambuco. Criado pelo negro escravizado, também traz características indígenas e europeias. Trata-se de um cortejo real que desfila pelas ruas do Recife durante o Carnaval.

É também conhecido pelo nome de Maracatu Nação, com origem nos cultos da África e nas antigas festas de coroação de reis negros. A linguagem do maracatu é considerada um dos mais tradicionais e populares folguedos do Brasil.

Serviço
Quiloa Maracatu na Escola
Complexo Esportivo e Cultural Marina Magalhães
Av. Getúlio Vargas, s/nº, sopé do Morro São Bento
Inscrições de 7 a 10 de junho
Gratuito

*Prefeitura de Santos

 

Equipamentos da Zona Noroeste recebem curso gratuito de Teatro

O Centro Cultural da Zona Noroeste e o Jardim Botânico ‘Chico Mendes’ abrigarão as novas turmas do curso de ‘Teatro’ da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). As inscrições, gratuitas, começam nesta quinta-feira (30) e serão encerradas no próximo dia 8.

Os interessados, todos maiores de 9 anos de idade, devem comparecer ao edifício do Centro Cultural (Av. Afonso Schmidt, s/nº, Areia Branca) com RG ou Certidão de Nascimento, uma foto 3×4 e comprovante de residência. Também será necessária a apresentação de documento do pai/mãe ou responsável legal para menores de 18 anos.

As aulas têm início no dia 11 de abril. Os selecionados serão divididos em três turmas, com 20 pessoas cada. O Centro Cultural da Zona Noroeste abrigará as classes de 9 a 12 anos e de 12 a 15 anos. Já o Jardim Botânico (Rua João Fracarolli, s/n°, Bom Retiro), o grupo com alunos maiores de 16 anos. Mais informações pelo telefone 3202-3568.

*Prefeitura de Santos