Arquivo da tag: natiruts

Diego Alencikas e Banda MaracutaiA interpretam hits de Natiruts

Por Diego Alencikas

Os artistas Diego Alencikas e Banda MaracutaiA fará uma homenagem a uma das maiores bandas de reggae do Brasil no próximo dia 23 (domingo), às 23h, no Balacobaco Boteco (Rua do Comércio, 78/Santos). Ingressos para mulheres a R$ 10 e para homens a R$ 15.

Juntos, Diego (violão e voz) e o conjunto formado por Pedro Pessoa (contrabaixo), João Felipe Graf (guitarra), Lelê Lótus (percussão e voz) e Luis Fernando Coxa (bateria) interpretam canções do grupo Natiruts. O DJ Michael Pita discotecará antes e depois do evento.

Natiruts

Natiruts é uma banda brasileira de reggae pop formada em Brasília em 1996. Chamada inicialmente Nativus, a banda de reggae foi rebatizada de Natiruts devido a um grupo catarinense de música regional, Os Nativos, que entrou com um processo. A banda brasíliense defende o reggae de raiz mas incorporou ao som uma grande influência brasileira.

Quando ainda chamava-se Nativus, o grupo vendeu 40 mil discos independentes com o sucesso “Presente de um beija-flor”, até ser contratada pela EMI. A nova edição do disco, Nativus, vendeu 450 mil cópias. O segundo disco, Povo Brasileiro, foi produzido por Liminha e, como o reggae de Bob Marley, tem músicas com mensagens de alto teor político, como “Proteja-se e lute” e “Povo brasileiro”.

 

Anúncios

Polícia diz que cantor da Tr3vo foi assassinado por razão passional

O músico santista Daniel Nunes Aquino, o Dan Nunes, da banda Tr3vo, teria sido assassinado por razão passional. O crime ocorreu na madrugada do dia 30, e o enterro do cantor do trio de pop reggae foi na manhã desta terça-feira (dia 31).

De acordo com Bruno Lima, repórter de A Tribuna, a polícia procura o marinheiro Thiago Batista de Barros, de 30 anos, o Chupeta, apontado como o autor do disparo nas costas da vítima. Segundo o relato do delegado Jorge Álvaro Gonçalves Cruz ao jornal, “Ele tem um temperamento violento e não aceitava o fim do namoro, há seis meses”.

> Justiça decreta prisão de suposto assassino; está foragido
> Conheça mais sobre a trajetória de Dan Nunes

Thiago era ex-companheiro de uma moça que se relacionara brevemente com Dan há dois anos atrás. Conforme depoimento da moça, ela sequer estava no show do Baccará, onde o músico foi baleado momentos depois. A última vez que teriam se visto foi quando ela assistiu a uma apresentação dele no mesmo bar há meses.

O delegado afirma que após o crime, Thiago telefonou para a ex-namorada confessando ser o assassino. “Fiz uma besteira. Acabei de matar o Dan”. A informação é de uma pessoa ligada a moça, que prefere não se identificar com medo do marinheiro. A ex-namorada e Chupeta têm um filho de 1 ano e sete meses. Mesmo assim, o rapaz vivia a ameaçando. Há duas semanas, ele a agrediu com chutes na perna, puxões de cabelo e xingamentos.

A reportagem de GIlmar Alves Jr., do Diário do Litoral, afirma que não é a primeira vez que Thiago premedita a morte de Dan. Ele já teria ameaçado por telefone o cantor em fevereiro de 2012, segundo Boletim de Ocorrência. “Como o cantor não entrou com uma representação criminal (…), não houve nenhum tipo de punição judicial”, relata o jornal.

A Polícia Civil divulgou as imagens que mostram o exato momento do crime e confirma que o autor do disparo é Thiago. Os investigadores procuraram o suspeito em três endereços diferentes, sendo dois em Santos e um em São Vicente, mas ele não foi localizado. O G1 publicou o vídeo e A Tribuna divulgou momentos do velório e enterro do cantor.

Dan Nunes

O vocalista nasceu em Santos em 13 de fevereiro de 1990. Desenvolvendo a aptidão musical na adolescência, além de trabalhar como fotógrafo, ingressou na banda de groove Selo Nacional em 2010. Com o grupo, sempre cantava em temporadas nos bares e palcos da Baixada Santista.

No final de 2013, junto do ex-integrante Helinho de Sousa e do amigo de infância deste, Dahuí, criou o Tr3vo. A banda de pop reggae tem como diferencial o revezamento no microfone. Lançada em fevereiro, já entrou no circuito abrindo shows dos Detonautas e Natiruts no festival Budweiser Zero Treze no mês seguinte.

O grupo musical ainda gravou um EP divulgado em outubro, cativando os fãs com o hit autoral ‘Mago’. Em letra romântica, a canção diz: “Vê se traz o meu amor de volta em sete dias / Vê se amarra o meu nome no coração dessa menina / Vê se cruza o destino dela com a minha sina / Enfeitiça mago / Do jeito que ela já me enfeitiçou”. Em fevereiro deste ano, o trio celebrava na imprensa o 1º aniversário da trajetória do Tr3vo.

*Lincoln Spada