Arquivo da tag: secult

Secult de Cubatão articula seminário de gestão cultural em agosto

Por Lincoln Spada

Uma parceria inédita foi concretizada pela Prefeitura de Cubatão, através da Secretaria da Cultura, com o Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura. Depois de percorrer várias regiões paulistas desde 2013, o Seminário Olhares da Gestão Cultural será realizado na Câmara Municipal de Cubatão no próximo 31 de agosto, das 8 às 18 horas.

Nesta edição o seminário abordará a elaboração de projetos culturais, comunicação e captação de recursos. O evento contará com palestras de Daniele Torres e Nara Almeida. A primeira mediadora é museóloga, com pós em História da Arte, Gestão da Cultura e Comunicação Empresarial. Sócia da Companhia da Cultura e do Cultura e Mercado, também é diretora do Instituto AES. Nos últimos cinco anos foi a gestora responsável pela captação de recursos do Instituto Brasileiro de Gestão Cultural e do Instituto Brasil Leitor.

Já Nara Almeida é jornalista, mestranda em Comunicação (USP) e gerente de Planejamento Estratégico e Relações Institucionais da Aberje. Também fez especializações pela Syracuse University e pela CBL e extensões pela PUC-SP e pela Cátedra Unesco Memorial. Foi editora da revista Comunicação Empresarial e dos livros Cadernos de Comunicação Estratégica e Prêmio Aberje. Hoje ela coordena o Comitê de Gestão Cultural e criou os Seminários Aberje de Gestão Cultural. É fundadora do Lab de Narrativas de Gêneros e membro do Grupo de Estudos de Novas Narrativas e da iniciativa Mulheres do Brasil.

Toda a programação (gratuita) e o período de inscrições serão divulgados na próxima quinzena. O Seminário Olhares da Gestão Cultural integra o programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, ação do Governo Estadual gerida pelo instituto Poiesis. Nestes quatro anos, o evento já percorreu as cidades de Limeira, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba, São José dos Campos, Votuporanga, Registro e Itapetininga.

Associação homenageia secretário de Cultura de SV nesta terça

Por Lincoln Spada

O secretário de Cultura de São Vicente, Fábio Lopez, será homenageado com a Medalha Pérsio de Souza Queiroz Filho nesta terça-feira (dia 23), às 20 horas, no Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 280). A cerimônia terá entrada franca.

O evento é uma realização da Associação dos Capacetes de Aço de São Vicente durante o Dia da Juventude Constitucionalista. No encontro, acontecerá o canto dos hinos do Brasil e de São Vicente, a exortação à data, a declamação do poema alusivo e, consecutivamente, a entrega da medalha.

Advogado, Fábio Figueiredo Lopez é secretário da Cultura de São Vicente desde o início do ano. Entre 2005 e 2016, já foi secretário de Governo e de Esportes de São Sebastião, curador da Fundação de Saúde Pública da cidade, diretor do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual, diretor da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho no Litoral Norte e assessor da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho.

 

Welington Borges ministra 2ª Oficina de Educação Patrimonial em Cubatão

Por Lincoln Spada

A valorização e preservação dos bens culturais é tema da segunda edição da Oficina de Educação Patrimonial, realizada gratuitamente pela Prefeitura através da Secretaria da Cultura, a partir do segundo semestre. As inscrições virtuais podem ser feitas entre os dias 23 de maio e 23 de junho pelo endereço: http://tinyurl.com/educacaopatrimonial .

As atividades serão às quartas-feiras, das 14 às 17 horas, nos dias 12, 19 e 26 de julho, 2 e 9 de agosto, na Casa da Memória (Parque Novo Anilinas), ministradas pelo servidor público e historiador, Welington Ribeiro Borges. A ação é voltada para professores, estudantes, agentes culturais e de turismo e demais interessados acima de 16 anos.

A ação formativa tem como objetivo sensibilizar jovens e adultos acerca do reconhecimento dos nossos patrimônios, criação de itinerários que articulem a sociedade em destacar e contemplar os bens públicos locais e as suas memórias escondidas, além de promover a construção de uma identidade e, por fim, o sentimento de pertencimento da comunidade.

 

Centenas de alunos de Cubatão participam da Semana Mundial do Brincar

Por Lincoln Spada

Com o tema ‘O brincar que encanta o tempo’, a Semana Mundial do Brincar (SMB) será celebrada pela Prefeitura de Cubatão com ampla programação na rede municipal de ensino entre os dias 22 e 26 de maio. Idealizada pela Aliança pela Infância, a SMB é realizada pela Secretaria da Educação em parceria das secretarias de Cultura e de Esporte e Lazer.

Já na segunda-feira, às 9 e às 14 horas, a professora de música Sonia Onuki realizará a atividade ‘Brincando e Cantando’ para os alunos da UME Sofia Zarzur (Vila Fabril). Trata-se de uma vivência de musicalização para bebês e crianças, em que serão aplicadas ações lúdicas, como cantigas folclóricas e músicas-brinquedos – em que as canções levam a atividades de expressão corporal.

No Vão Cultural do Parque Novo Anilinas, também às 9 e 14 horas, é a vez do clown Marcus Di Bello encenar ‘Cuscuz com Maçã’, do Grupo Tescom, para os alunos da UME Estado do Acre (Cota 200) e UME Estado de Santa Catarina (Vila Esperança). No espetáculo circense, Marcus protagoniza improvisos misturando a musicalidade, danças e referências da cultura nordestina.

Por sua vez, às 9h30 e às 14 horas, a UME Estado do Maranhão (Vila Natal) recebe a contadora de histórias Nalva Leal, que abordará contos populares aos alunos da escola e também de salas da UME Aracy Esteves Soares Campos (Vila Natal). Ainda na segunda-feira, às 15 horas, a mostra de minimetragens infanto-juvenis do Festival do Minuto, em itinerância na Biblioteca Professor João Rangel Simões, será voltada em sessão fechada para alunos da rede municipal.

No decorrer da semana, há a nova edição do projeto ‘Viva a Música!’. A Banda Marcial de Cubatão apresentará temas de desenhos animados e filmes infantis para os alunos da UME Jayme João Olcese e Marte Josete Impalea (ambas no Centro). O concerto didático será na quarta-feira (dia 24), às 14h30, no Bloco Cultural da Cidade (Praça dos Emancipadores).

A semana continua com mais ações na sexta-feira (dia 26). No Bloco Cultural, às 14h30, alunos da UME Dilce Ferreira Campos, UME Jayme João Olcese (ambas no Centro) e UME Estado do Alagoas (Pinhal do Miranda), recebem o espetáculo ‘A Famylia Monstro’, do grupo A Peste – Cia de Teatro Urbano, por meio do Circuito Cultural Paulista, programa estadual gerido pelo Governo Estadual via Secretaria de Cultura com a APAA – Associação Paulista de Amigos da Arte.

Em tom de comédia, a montagem faz uma homenagem aos mitos e lendas de monstros do Ocidente, que esses foram pessoas ingênuas, com medo de se adaptar ao mundo real. E em seguida, a partir das 15h30, as centenas de alunos continuarão na Praça dos Emancipadores, onde haverá atividades de movimento, conduzidas pela equipe da Secretaria de Esporte e Lazer.

 

Alex Laire ministra oficina básica de fotografia no Jardim Real

Por Lincoln Spada

Estão abertas as inscrições para a oficina básica de fotografia no Jardim Real. Trata-se de uma atividade gratuita coordenada por Alex Laire, pelo programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo. As inscrições seguem até o dia 29 de maio, às segundas e sextas-feiras, das 9 às 16 horas, na Associação de Moradores, Esportes, Lazer e Cultura (Amelac), na Rua Jonas Souza, 100.

Esta ação formativa é a primeira atividade cultural que mobiliza a comunidade na preparação de acolher o Centro de Artes e Esportes Unificados – CEU das Artes, espaço municipal a ser inaugurado nos próximos meses. As aulas serão de 30 de maio a 8 de junho, às terças e quintas-feiras, das 19 às 21 horas, e sábado, das 14 às 17 horas.

A oficina tem como objetivo adquirir conhecimentos que estimulem os alunos a ter um olhar diferenciado em relação ao universo que vivem, aprimorando os seus conhecimentos sobre a arte de fotografar para obter melhores resultados na prática. Os resultados dos alunos estarão numa futura exposição de artes visuais.

Alex Laire é profissional nascido e residente em Cubatão, realizando cobertura de diversos eventos artísticos do município e região. A oficina integra o programa do Governo de São Paulo via Secretaria de Estado da Cultura com o Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura (da capital paulista) e a Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Cultura.

 

Arte francesa inspira exposição no Espaço VIP em Santos

Por Secult Santos

A artista plástica Lourdes Borsoi traz ao Espaço VIP da Galeria de Arte Braz Cubas (2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão), a exposição ‘Arte Francesa’. Com abertura marcada para o próximo dia 17, às 19h, a mostra poderá ser conferida até o dia 31 de maio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. A entrada é gratuita.

‘Arte Francesa’ reúne quadros produzidos com técnica que consiste na transformação e sobreposição de gravuras, na qual uma imagem plana é trabalhada em relevo, recebendo o efeito de profundidade e perspectiva.

Servidora pública e natural de Nova Venécia, no Espírito Santos, Lourdes Borsoi mora em Santos desde 1995. A artista plástica teve contato com as técnicas de pinturas francesas em uma feira de artesanato, em meados de 2002. Desde então começou a desenvolver e aperfeiçoar o estudo e prática deste trabalho rico em detalhes.

Exposição ‘Redes de Fé’ segue no Museu da Imagem e do Som de Santos

Por Iuri de Castro e Fernanda Terra

Contemplado pelo Programa de Apoio Cultural – Facult 2015, da Secretaria Municipal de Cultura de Santos, a exposição fotográfica “Redes de Fé: Pesca e Devoção na Cultura Caiçara”, tem por objetivo traçar um paralelo entre a devoção ao Bom Jesus de Iguape, cultuado tanto pelos pescadores da comunidade caiçara da Ilha Diana (município de Santos-SP), quanto pelos pescadores de comunidades caiçaras do município de Iguape-SP, como dos bairros do Rocio e Icapara.

Idealizado e executado pelos fotógrafos Fernanda Terra Stori e Iuri Castro a exposição será aberta ao público entre os dias 4 e 17 de maio de 2017, no Museu da Imagem e do Som de Santos (MISS – Av. Pinheiro Machado, 48/Santos). Nesta, serão expostas 20 fotografias em tamanho 80 x 60cm representativas da fé no Bom Jesus na atividade de pesca artesanal e no cotidiano da vida caiçara.

Elementos da cultura caiçara serão utilizados como adornos cenográficos, tais como parte de uma rede de pesca, artefatos de pesca e imagens do Bom Jesus de Iguape. Concomitantemente à exposição, um vídeo com depoimentos dos caiçaras fotografados será exibido com a finalidade de envolver o público na atmosfera de fé e esperança de um povo.