Arquivo da tag: sorocaba

Secult de Cubatão articula seminário de gestão cultural em agosto

Por Lincoln Spada

Uma parceria inédita foi concretizada pela Prefeitura de Cubatão, através da Secretaria da Cultura, com o Poiesis – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura. Depois de percorrer várias regiões paulistas desde 2013, o Seminário Olhares da Gestão Cultural será realizado na Câmara Municipal de Cubatão no próximo 31 de agosto, das 8 às 18 horas.

Nesta edição o seminário abordará a elaboração de projetos culturais, comunicação e captação de recursos. O evento contará com palestras de Daniele Torres e Nara Almeida. A primeira mediadora é museóloga, com pós em História da Arte, Gestão da Cultura e Comunicação Empresarial. Sócia da Companhia da Cultura e do Cultura e Mercado, também é diretora do Instituto AES. Nos últimos cinco anos foi a gestora responsável pela captação de recursos do Instituto Brasileiro de Gestão Cultural e do Instituto Brasil Leitor.

Já Nara Almeida é jornalista, mestranda em Comunicação (USP) e gerente de Planejamento Estratégico e Relações Institucionais da Aberje. Também fez especializações pela Syracuse University e pela CBL e extensões pela PUC-SP e pela Cátedra Unesco Memorial. Foi editora da revista Comunicação Empresarial e dos livros Cadernos de Comunicação Estratégica e Prêmio Aberje. Hoje ela coordena o Comitê de Gestão Cultural e criou os Seminários Aberje de Gestão Cultural. É fundadora do Lab de Narrativas de Gêneros e membro do Grupo de Estudos de Novas Narrativas e da iniciativa Mulheres do Brasil.

Toda a programação (gratuita) e o período de inscrições serão divulgados na próxima quinzena. O Seminário Olhares da Gestão Cultural integra o programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, ação do Governo Estadual gerida pelo instituto Poiesis. Nestes quatro anos, o evento já percorreu as cidades de Limeira, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, São Carlos, São José do Rio Preto, Sorocaba, São José dos Campos, Votuporanga, Registro e Itapetininga.

Anúncios

Maria Gadú em Santos; 23 cidades recebem Virada Cultural em 2016

“Nós teremos, na 10ª da Virada Cultural Paulista, uma grande novidade: serão três finais de semana de shows que acontecerão em todo o Estado, em 23 municípios das mais variadas regiões. A Virada promove a cultura, a educação, o entretenimento, a transformação. É a cultura indo ao encontro da população em todo o Estado”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

Entre as atrações inéditas na Virada Cultural Paulista, este ano se apresentam Os Mutantes, banda que vem influenciando gerações de músicos desde 1966 e que apresenta vários de seus clássicos em nova roupagem, além de músicas mais recentes; Alceu Valença, com show repleto de cultura nordestina em um caldeirão musical sofisticado e contemporâneo; o incansável Erasmo Carlos, com 50 sólidos anos de estrada e ainda em plena atividade; e a banda NX Zero, que apresenta músicas de seu álbum “Norte”, lançado no ano passado, bem como grandes sucessos de toda sua carreira.

Pensando na variedade de estilos, público e gerações, estão escalados para a edição deste ano artistas dos mais diversos: Almir Sater, Marcelo D2, Tiê, Emicida, Arnaldo Antunes, Trio Virgulino, Wanderléa, Silva, Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz, Zeca Baleiro, Velha Guarda da Mangueira, Tribo de Jah, Mart’nália e Karina Buhr, entre vários outros. O formato inédito, com a distribuição da Virada Cultural Paulista em três finais de semana, possibilita que o público de cada região do Estado tenha acesso a ainda mais atrações, podendo participar do evento em cidades diferentes a cada fim de semana, com pouco deslocamento.

E para dar ao público da capital paulista a oportunidade de ter um gostinho do que é o evento, será realizado no dia 3 de maio, terça-feira, no Teatro Sérgio Cardoso, o Esquenta Virada Cultural Paulista 2016, com show de Maria Gadú. A entrada, como em toda a Virada, é gratuita. A Virada Cultural Paulista 2016 conta ainda com apoio do MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Pensarte, Museu do Café e Cavalera.

Histórico

Criada em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, a Virada Cultural Paulista tornou-se o mais relevante evento cultural do interior e litoral paulistas, com a proposta de promover um grande festival gratuito e simultâneo em cidades de médio e grande porte. Desde o princípio, a Virada tem buscado proporcionar ao público o acesso às melhores produções artísticas do País, nas mais variadas linguagens: música, dança, circo, artes cênicas, arte para crianças, dentre outras.

O programa ocorre em parceria com as Prefeituras: enquanto o Estado se encarrega da programação artística principal, os municípios ficam responsáveis por toda a infraestrutura do evento, como montagem de palcos externos e disponibilização de teatros municipais. As cidades também contribuem com programação local, dando espaço a artistas das próprias regiões. No ano passado, realizada em 24 cidades, a Virada teve público de 1,1 milhão de pessoas.

Virada Cultural Paulista 2016

14 e 15 de maio
Araraquara – Zeca Baleiro e Projota
Botucatu – Maria Gadú e Os Mutantes
Registro – Mart’nália e Tribo de Jah
Santa Bárbara d’Oeste – Marcelo Jeneci & Tulipa Ruiz e Nação Zumbi
São João da Boa Vista – Os Mutantes e Emicida
Sorocaba – Nação Zumbi e Mart’nália
Taubaté – Cidade Negra e Toquinho

21 e 22 de maio
Araçatuba – Maria Gadú e Alceu Valença
Ilha Solteira – CPM 22 e Zélia Duncan
Limeira – Alceu Valença e Teatro Mágico
Marília – Biquini Cavadão e Velha Guarda da Mangueira
Piracicaba – Erasmo Carlos e NX Zero
Presidente Prudente – Gabriel o Pensador e Maria Gadú
Votuporanga – Teatro Mágico e Raimundos

28 e 29 de maio
Assis – Ed Motta e Tihuana
Bauru – Projota e Marcelo Jeneci
Campinas – Maria Gadú e Marcelo D2
Caraguatatuba – Otto e Dona Zaíra
Franca – Nação Zumbi e Arnaldo Antunes
Indaiatuba – Arnaldo Antunes e Emicida
Mogi das Cruzes – Banda Malta e Almir Sater
Ribeirão Preto – Marcelo Jeneci e Raimundos
Santos – Alceu Valença e Maria Gadú

Realização: Governo do Estado de São Paulo
Correalização: Prefeituras das cidades participantes
Execução: APAA
Parcerias: SESC-SP
Apoio: MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Instituto Pensarte, Museu do Café e Cavalera.

Entrada gratuita

Esquenta Virada Cultural Paulista 2016 com Maria Gadú
03 de maio, terça-feira, às 20h
Teatro Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153, Bixiga – São Paulo
Sala Sérgio Cardoso
Capacidade: 835 lugares
Entrada gratuita (sujeito a lotação)

*Secretaria de Estado da Cultura

 

Music Box lança EP ‘Identidade’ durante Virada em Santos

Pela primeira vez no maior evento cultural da cidade, a banda Music Box faz a abertura da Virada Cultural no palco principal montado na Praça Mauá, no Centro Histórico. O grupo pop/rock começa esquentando a noite com suas músicas próprias e covers especiais às 19h30 e em seguida grandes nomes da música vão embalar a noite com outros gêneros musicais

A banda conta com cinco integrantes: Carol Germano, vocalista; Percy Castanho Vocalista e Guitarrista; André Ricardo, baixista; Bruno Soares, baterista e nos teclados, Luiz Ramos. O grupo santista tem 4 anos de carreira e além de tocar em todas as cidades da Baixada Santista, também sobe a serra até São Paulo, Sorocaba e Atibaia.

O convite para subir ao palco da Virada deixou os integrantes da banda animados. “A gente estava tocando no Rio de Janeiro em um evento fechado quando me ligaram convidando a banda pra tocar na Virada Cultural. Depois que a ficha caiu ficamos inquietos para que a data marcada chegasse logo pra gente poder mostrar nosso trabalho e nosso novo EP”, conta Percy Castanho

Para tornar a apresentação ainda mais especial, haverá o lançamento do segundo EP intitulado “identidade” que conta com cinco músicas autorais que são: O Que Eu Sou, De Frente Pro Mar, Ainda Estou De Pé, Caos E Paz e Verão De Dois. Assim como o primeiro EP, este também foi produzido pelo Nando Basseto, guitarrista do Garage Fuzz.

Carol Germano é vocalista da banda e dá uma dica pra quem vai até a Praça Mauá prestigiar o evento. “Temos um canal no Youtube onde todo mundo pode acessar e conhecer nossas músicas novas. Pode até decorar pra cantar junto com a gente (risos), e quem tiver mais animado vai levar pra casa o nosso CD. Vamos sortear alguns durante a apresentação, que eu tenho certeza que vai espantar o friozinho”

Quem for assistir ao show e ficar com um gostinho de quero mais tem outra oportunidade na mesma noite de prestigiá-los mais uma vez. A banda se apresenta no Café Teatro Rolidei: Av. Pinheiro Machado, 48, dentro do Teatro Municipal, 3° piso, às 22h30. Mas se a curiosidade for maior ainda, é só seguir a Music Box no Facebook, Instagram e Youtube pra ficar por dentro das novidades.

*Jéssica Alves

 

Filme ‘Recordadores e Recordações’ e músicas em Presidente Prudente

O Centro Cultural Matarazzo apresenta na próxima sexta-feira (08/05), às 19h30 mais uma produção do ator e diretor Vicentini Gomez. O filme “Recordadores e Recordações” conta a história do século XX de Sorocaba através de depoimentos de historiadores e de pessoas notáveis e anônimas que tiveram contribuição neste desenvolvimento.

O povo sorocabano escreveu um notável capítulo com seus bravos bandeirantes na história do alargamento do território brasileiro e na formação de cidades com os tropeiros, que contribuíram ainda com o nascimento da cultura caipira.

As transformações sociais e urbanísticas estão anulando uma história rica e significativa. Muitos monumentos, marcos do desenvolvimento estão perdendo registro e identidade. O filme reúne os “velhos” da terra, historiadores e descendentes destes que construíram a grandeza de São Paulo.

A direção, produção e roteiro é de Vicentini Gomes. Os depoimentos de: Jonas Soares de Souza, Sérgio Coelho, Geraldo Bonadio, Vera Job, Alm. Max Justus Guedes, José Rubens Incao.

Música

Dois eventos com boa música acontecem no Matarazzo nesta quarta-feira (06/05). Pela manhã, 10h às 12h, projeto da Escola de Artes, Prática de Choro no Coreto do Centro Cultural Matarazzo. Trabalha os ritmos presentes dentro do gênero Choro. Polcas, Maxixes, Chorinhos, Valsas entre outros ritmos. Esse evento acontece todas as quartas-feiras.

Às 19h no Boulevard, Música ao Entardecer apresenta Concerto de Piano com Luis Carlos Bianco. Repertório erudito romântico/moderno e Duo com trompetista Marlon Camatari e cello de Fernando Telles. (Chopin,Debussy, Brahms, Villa Lobos e José Usircino da Silva-Duda). O projeto Música ao Entardecer faz parte da programação sempre na primeira quarta-feira de cada mês.

*Prefeitura de Presidente Prudente