Arquivo da categoria: Editais

Inscrições para 8º Concurso Pérolas da Literatura segue até dia 20

Por Prefeitura de Guarujá

“Escrever é manter relação de alma, corpo e mão com a escrita, no objetivo de transformar a essência humana em acordes de frases e períodos”. Assim a escritora Maria da Glória Sá Rosa, que ocupava cadeira na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras,descreve a arte de escrever. Com o propósito de incentivar os amantes da escrita, a Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, abre inscrições para o VIII Concurso Literário “Pérolas da Literatura”.

As inscrições já estão abertas e seguem até 20 de outubro. Os interessados devem se inscrever através do link e entregar a ficha devidamente preenchida junto à obra literária na Secretaria de Cultura, localizada no Teatro Procópio Ferreira (Avenida Dom Pedro I, 350), na parte da manhã, das 9 às 12 horas; e no período da tarde, 14 às 17 horas.

Os trabalhos devem ser impressos em quatro vias de igual teor em envelope lacrado, junto com uma cópia do documento de identidade. Para esta edição, jovens de 12 a 17 anos podem participar da categoria juvenil nas modalidades de poesia e conto. Já na categoria adulto acima de 17 anos, crônicas também serão aceitas.

Os temas das obras são livres e deverão ser inéditos. Há limite de 80 linhas apenas para as modalidades de conto e crônica. Não há limite de linhas para poesia. Serão premiados os três melhores trabalhos de cada categoria, com certificado e troféu. O regulamento pode ser acessado na íntegra aqui.

 

Anúncios

Inscrições abertas para curso de capacitação para projetos socioculturais em Cubatão

Por Lincoln Spada

Estão abertas até a próxima quarta-feira (dia 18) as vagas para a 1ª Capacitação em Elaboração de Projetos. Trata-se de uma iniciativa inédita realizada pelo Conselho Comunitário Consultivo (CCC) do Polo Industrial de Cubatão, com apoio do Centro de Integração e Desenvolvimento Empresarial (Cide) e Prefeitura via Secretaria da Cultura.

A proposta tem o objetivo de contribuir para a qualificação de comunidades e entidades de Cubatão para elaboração de projetos voltados às áreas de cultura, esportes e assistência social. Além disso, também abordará captação de recursos e relacionamento com a iniciativa privada e Poder Público.

Da criação de uma entidade até a gestão de plano de negócios, a atividade formativa é dividida em 10 módulos e tem início no próximo dia 24. “A proposta do curso é capacitar pessoas que possam transformar ideias em projetos bem executados e monitorados, tendo como foco o benefício comum. Esta ação confirma o potencial de Cubatão em promover as mudanças de forma coesa e articulada”, detalha a coordenadora do CCC, Helga Vieira.

Por sua vez, o gerente do Cide, Valmir Ramos Ruiz, destaca: “A Capacitação em Elaboração de Projetos é mais um compromisso da Indústria com a Agenda 21 de Cubatão. É um grande passo para o desenvolvimento da Educação e Qualificação nas comunidades e notoriedade de seus projetos”.

As vagas para o curso são destinadas a lideranças comunitárias, representantes de entidades e associações, além de demais munícipes em geral que tenham propostas de ações com potencial de desenvolvimento. As inscrições devem ser feitas diretamente no Cide (Praça Getúlio Vargas, 20/Cubatão). Outras informações: (13) 3361-1388.

 

Em Santos, Círculo Arte Social abre inscrições para projetos culturais às crianças

Por Secult Santos

Com a proposta de selecionar e capacitar artistas do município, o ‘Círculo Arte Social’ está com inscrições abertas para projetos que objetivem desenvolver ações e produtos culturais destinados a grupos de até 100 crianças (de 3 a 11 anos de idade), com pouco acesso às artes. A iniciativa tem apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). Também recebe apoio das secretarias municipais de Cultura (Secult) e Educação (Seduc).

Podem se candidatar artistas atuantes em áreas como teatro, música, clown, fantoches, contação de histórias e artes visuais. Os interessados em participar do processo seletivo devem enviar, até o próximo dia 10, seus projetos para o e-mail projetoartesocial@hotmail.com.

As propostas serão analisadas pelos gestores do projeto, com o apoio da Secult. O resultado será divulgado no próximo dia 13. Logo após, a Seduc indicará a instituição a ser contemplada, e o artista selecionado terá que elaborar um cronograma de execução junto com a equipe do ‘Círculo Arte Social’. A programação cultural terá duração de 15 de dezembro a fevereiro de 2018.

 

6º Facult – Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes tem 82 inscritos

Por Secult Santos

O 6º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos tem 82 trabalhos inscritos, que serão submetidos à análise de duas comissões, que examinarão a documentação obrigatória entregue pelos proponentes e a relevância, valor cultural e metodologia dos projetos. Do total de inscritos, 30 trabalhos serão contemplados, cada um com verba municipal de R$ 12 mil, totalizando R$ 360 mil de aporte do Fundo de Assistência à Cultura (Facult) no incentivo à produção cultural independente na Cidade.

O concurso reúne propostas nos segmentos de artes plásticas, artes gráficas, artesanato, cultura integrada e popular, circo, artes de rua, dança, música, teatro, cinema, videografia, fotografia, literatura, patrimônio cultural e natural, infraestrutura cultural ou outros segmentos aprovados pelo Conselho Municipal de Cultura de Santos.

O resultado das fases de conferência de documentação e análise do conteúdo será publicado no Diário Oficial de Santos, conforme prazos de avaliação e recursais previstos no decreto 7.628, de dezembro de 2016, disponível na página egov.santos.sp.gov.br/legis/. Mais informações pelo tel. 3226-8000.

 

6º Facult amplia o período de inscrições em novas três semanas

Por Lincoln Spada / Foto: ‘Tempos Modernos’, divulgação.

Produtores culturais e fazedores de arte terão um maior período para se inscreverem no 6º edital do Fundo de Assistência à Cultura de Santos, popularmente 6º Facult. Previsto para encerrar esta etapa nesta quinta-feira (dia 9), o concurso municipal terá o prazo prolongado para receber projetos até o dia 30 de março. É certo que a Secretaria da Cultura de Santos ainda nesta semana publicará a prorrogação via decreto no Diário Oficial.

Com as mudanças do edital, a Secult entende que a ampliação da fase de inscrições permitirá que os proponentes tenham mais tempo de adequar seus projetos. Ao mesmo tempo, possibilita uma maior adesão de inscritos, já que esta foi a primeira edição que ocorreu inscrições em período simultâneo com os preparativos e festejos do Carnaval – que conta com o envolvimento de muitos do segmento artístico. Não se trata de um adiamento isolado: em 2010, o 1º Facult também aumentou as datas desta fase.

>> Baixe aqui o edital na íntegra
>> Conheça o observatório do Facult

A iniciativa contemplará 30 projetos, cada um com verba municipal de R$ 12 mil, totalizando R$ 360 mil de aporte do Facult. As inscrições podem ser realizadas nos dias úteis, das 9h às 12h e das 14h às 17h. O projeto a ser inscrito deverá ser entregue pessoalmente ou encaminhado por via postal, com aviso de recebimento (A.R) ou Sedex, para a Secretaria de Cultura – Facult, localizada na Av. Senador Pinheiro Machado, 48, térreo – Conselho Municipal de Cultura, no bairro Vila Mathias. O CEP é 11075-907.

O projeto deve ser entregue ou enviado dentro de uma ‘embalagem única’ (envelope, pacote ou caixa) com a identificação ‘Edital Facult nº 6’, contendo em seu interior dois envelopes, classificados como nº 1, com a documentação exigida, e nº 2, contendo o projeto. Os cadastros entregues pessoalmente deverão estar acompanhados de quatro cópias da ficha de inscrição do lado de fora da embalagem única.

No caso de projetos enviados por via postal, as quatro cópias deverão estar dentro da embalagem. Uma cópia será retida pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), as outras duas anexadas aos envelopes nº 1 e nº 2, e a outra via de inscrição protocolada e devolvida ao proponente. Mais informações podem ser obtidas na Secult ou pelo tel. 3226-8000.

Quem pode participar

Podem concorrer propostas que contemplem os segmentos artísticos das artes plásticas, artes gráficas, artesanato, cultura integrada e popular, circo, artes de rua, dança, música, teatro, cinema, videografia, fotografia, literatura, patrimônio cultural e natural, infraestrutura cultural ou outros segmentos aprovados pelo Conselho Municipal de Cultura de Santos.

Somente poderão se habilitar ao concurso pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, de natureza cultural e sem fins lucrativos, domiciliadas ou sediadas em Santos. Cada proponente poderá se inscrever em apenas um projeto, com uma única função artística. Constatada a participação do mesmo proponente em mais de um projeto cultural, ocupando outras funções do quadro artístico, será considerado para efeito de classificação final, o projeto com a nota mais baixa.

Conheça os 13 projetos contemplados pelo Circuito LabxS

Por Instituto ProComum

O júri convocado para avaliar os projetos da chamada pública do Circuito LABxS (Lab Santista) selecionou 13 das 127 propostas de atividades e ações visando o bem comum, a inovação e a cidadania na região. Para Rodrigo Savazoni, diretor-executivo, do Instituto Procomum, o resultado contempla a diversidade da região. “Estamos satisfeitos porque contemplamos projetos da maioria das cidades, inclusive nas aldeias indígenas, e também com promotores mulheres e negros”.

Ele também lembra que, mesmo dentro de Santos – cidade que reúne a maioria dos projetos selecionados – o território contemplado é abrangente. “Contemplamos projetos de regiões menos favorecidas como morros e divisas”, disse. Inicialmente seriam 12 os projetos contemplados, mas o júri optou por premiar uma 13ª proposta, garantindo assim que um projeto de Praia Grande fosse contemplado.

Todos os membros do júri leram todos os projetos e fizeram a avaliação com notas de 0 a 10. Após isso, a coordenação trabalhou na somatória, com total máximo de 50 pontos. Assim, chegou-se a uma lista inicial de projetos contemplados que foi revista e reavaliada pelo júri em conjunto, para evitar possíveis erros e garantir a diversidade territorial, de genêro, racial e temática como previa a chamada.

O júri foi coordenado por Georgia Nicolau e Savazoni, diretores do Instituto Procomum. Foi formado pelo escritor Ademir Demarchi, a assistente social; a funcionária da prefeitura de Santos e integrante do Conselho Fiscal do IP, Carmem Brandalise; o professor, designer e um dos fundadores do LABxS, Niva Silva; a jornalista e pesquisadora carioca do OLABI Makerspace, Sil Bahia; e o especialista em tecnologia e democracia, Ricardo Poppi, do Instituto Cidade Democrática.

1. Hackathon da Horta, da São Paulo Lab, da Incubadora de inovações cidadãs
Maratona de design colaborativo para desenvolver e prototipar uma trituradora de galhos movida a pedaladas para a horta comunitária Bons Frutos do Jardim São Manuel, zona noroeste de Santos. O grupo também vai realizar um passo-a-passo de como criar uma trituradora para que a tecnologia possa ser replicada e construída em outras hortas-comunitárias.

2. Transfinitos, de Marina Ramos da Rocha Paes
Promover uma ocupação artística em uma escola pública da cidade com o objetivo de promover a integração entre artistas e estudantes por meio de diferentes linguagens. A ideia é resgatar e promover o protagonismo estudantil das ocupações secundaristas de 2016 com um dia de dança, música, arte urbana e outras manifestações artísticas.

3. Aquecedor Solar de Baixo Custo, de Luciana Jorge Silva
Criação de aquecedor solar de baixo custo com materiais encontrados em lojas de construção para o Coletivo Novo Paraíso em Cubatão.

4. Minas no Hip Hop em Perequê, da FRMH2-BS
Encontro de hip hop organizado pelo coletivo feminista FRMH2-BS no bairro do Perequê, em Guarujá, que visa promover a integração cultural e social das famílias e adolescentes do bairro com atividades da cultura hip-hop (break, rap, discotecagem e graffiti) e apresentações teatrais, espaço infantil e rodas de conversa. As atividades e atrações do evento são majoritariamente realizadas por mulheres do movimento hip hop.

5. Itaquitanduva Sustentável, de Raphel Miranda
Desenvolver um protótipo de triturador de plástico para reaproveitar as garrafas pet retiradas da trilha e da praia que compõem o Parque Estadual Xixová – Japuí e fomentar a reciclagem desses materiais.

6. Móvel de Papelão – Faça o Seu, da Gabriela Mendonça
Duas oficinas de criação de um banco de papelão utilizando fundamentos de corte, dobradura e módulos de encaixe. A ação será filmada e transformada em um passo-a-passo.

7. Marcha Cega, de Lucas Gonçalves Brolese
Duas performances em duas cidades da Baixada Santista para promover uma reflexão sobre empatia e a exclusão social. Trata-se de uma caminhada guiada por um deficiente visual na qual os participantes, de olhos vendados, são convidados a refletir sobre preconceito, falta de empatia, violência cotidiana e indiferença. Também será realizada uma exposição fotógrafica com material documentado durante as performances.

8. Lançamento do Guia de Direitos das Empregadas Domésticas, da Joyce Fernandes Preta-Rara
Realizar um encontro (com rodas de conversa, oficinas temáticas, indicação de consultoria jurídica, terapias e massagens, apresentações artisticas e bazar de roupas) aberto entre trabalhadoras domésticas e o Lançamento do Guia de Direitos das Empregadas Domésticas, elaborado em parceria do Coletivo ComunaDeusa e Observatório dos Direitos e Cidadania da Mulher.

9. Banheiro Seco na Aldeia Guarani Mbya Teko Paranapuã, da Vinicius Duarte de Oliveira
Construção de banheiro seco com técnicas de permacultura na aldeia Guarani Mbya Tekoa Paranapuã em São Vicente.

10. Vestir ECO, da Alzira Lucio
Série de encontros no Morro do São Bento para debater a relação entre moda e meio ambiente em oficinas de estamparia artesanal, turbantes, transformação de jeans e brincos com material reciclado.

11. Projeto de criação e confecção de jogo educativo para circulação em escolas e outros espaços educativos, da Ricardo Silva Ratto Júnior
Desenvolvimento de um jogo de tabuleiro educativo, multidisciplinar e construído com material reciclado. Trata-se de um mapa lúdico da cidade de Santos para oferecer e debater um novo olhar sobre o direito à cidade e a relação com o meio ambiente, que poderá ser replicado e utilizado por educadores da região.

12. Brincar(elas), da Marília dos Santos Fernandes.
Ação de dança, música (tambores), panfletagem e arte urbana realizada por seis mulheres negras para resgatar a história negra e nordestina do distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá-SP.

13. BiciContação, de Eliane Aparecida Cavalieri Lins de Souza
Construção de uma bicicleta adaptada com um pequeno palco com iluminação e duas apresentações de contação de histórias para crianças em Praia Grande. Publicação de um wiki de como construir a bicicleta.

Inscrições abertas para o 6º edital do Facult em Santos

Por Secult Santos

Estão abertas até o dia 9 de março, as inscrições para o 6º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes no Município de Santos. A iniciativa contemplará 30 projetos, cada um com verba municipal de R$ 12 mil, totalizando R$ 360 mil de aporte do Fundo de Assistência à Cultura (Facult) no incentivo à produção cultural independente local.

As inscrições podem ser realizadas nos dias úteis, das 9h às 12h e das 14h às 17h. O projeto a ser inscrito deverá ser entregue pessoalmente ou encaminhado por via postal, com aviso de recebimento (A.R) ou Sedex, para a Secretaria Municipal de Cultura – Facult, localizada na Av. Senador Pinheiro Machado, 48, térreo – Conselho Municipal de Cultura, no bairro Vila Mathias. O CEP é 11075-907.

O projeto deve ser entregue ou enviado dentro de uma ‘embalagem única’ (envelope, pacote ou caixa) com a identificação ‘Edital Facult nº 6’, contendo em seu interior dois envelopes, classificados como nº 1, com a documentação exigida, e nº 2, contendo o projeto.

Os cadastros entregues pessoalmente deverão estar acompanhados de quatro cópias da ficha de inscrição do lado de fora da embalagem única. No caso de projetos enviados por via postal, as quatro cópias deverão estar dentro da embalagem. Uma cópia será retida pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), as outras duas anexadas aos envelopes nº 1 e nº 2, e a outra via de inscrição protocolada e devolvida ao proponente.

Mais informações podem ser obtidas na Secult ou pelo tel. 3226-8000. O regulamento completo pode ser consultado no decreto 7.628, pela página egov.santos.sp.gov.br/legis/.

Quem pode participar

Podem concorrer propostas que contemplem os segmentos artísticos das artes plásticas, artes gráficas, artesanato, cultura integrada e popular, circo, artes de rua, dança, música, teatro, cinema, videografia, fotografia, literatura, patrimônio cultural e natural, infraestrutura cultural ou outros segmentos aprovados pelo Conselho Municipal de Cultura de Santos.

Somente poderão habilitar-se ao concurso pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, de natureza cultural e sem fins lucrativos, domiciliadas ou sediadas em Santos. Cada proponente poderá se inscrever em apenas um projeto, com uma única função artística. Constatada a participação do mesmo proponente em mais de um projeto cultural, ocupando outras funções do quadro artístico, será considerado para efeito de classificação final, o projeto com a nota mais baixa.

É proibida a participação no concurso de servidor pertencente aos quadros da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e de seus parentes e afins até o segundo grau. Membros do Conselho Municipal de Cultura podem concorrer desde que não participem da Comissão Julgadora e de Acompanhamento de Projetos Culturais.