Arquivo da categoria: Dança

Festa Caiçara #É Góis! será neste domingo

Por Márcio Barreto
.
Celebrando a antiga prática do mutirão, A Futuráfrica Afrobraziliangrooves e o Percutindo Mundos convidam para a Festa Caiçara #ÉGóis! Com música, dança, intervenções, boi bumbá, Sarau Caiçara e Mostra Marginal de Cinema a festa propõe o encontro de pessoas e ideias em contato com a Mata Atlântica, com o mar, com a terra, com a ancestralidade e a contemporaneidade.
.
A dez minutos de Santos, a Praia do Góes, no Guarujá, é um desses lugares que formam o imaginário coletivo sobre a cultura caiçara. A atual ocupação remonta ao início do século XX e traz consigo a cultura trazida pelos caiçaras vindos principalmente do litoral norte paulista. Devido sua localização que dá abrigo contra os ventos e a fúria do mar, desde o século XVI a praia passou por diversas ocupações humanas. Atualmente seus moradores vivem principalmente do turismo.
.
Atividades
.
>> 9h – Saída Ponte Edgard Perdigão (Ponta da Praia, Santos)
>> 10h – Chegada no Sítio Caiçara
>> 11h – Mutirão
>> 15h – Almoço Colaborativo
>> 16h – Semeadura
>> 17h – Festa #ÉGóis! – Com Rádio Futuráfrica, Percutindo Mundos, Sarau Caiçara, Mostra Marginal de Cinema Santista e convidados

Anúncios

Inscrições abertas para oficinas do 6º CulturalMente Santista

Por Secult Santos
.
O 6º CulturalMente Santista – Fórum Cultural e Criativo de Santos está com inscrições gratuitas abertas para as oficinas formativas ‘A Câmera que Dança’, com Eduardo Ferreira, nos próximos dias 9 e 10, das 11h às 13h, e ‘Fios da Narrativa’, com Camila Genaro, no próximo dia 9, às 16h30. Ambas ocorrem no Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias).
.
Combinando estratégias da dança com movimentos de câmera e exercícios, ‘A Câmera que Dança’ tem a proposta de tratar o equipamento como extensão do corpo em movimento. Oferece 30 vagas, com inscrições no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfLrXvyFfUdR6dOQvhpZuOAJoYHNhHn_ronmwwbuj4YE_h9MA/viewform?usp=sf_link.
.
Já ‘Os Fios da Narrativa’ tem com objetivo abordar a preparação para a contação de histórias. Com 20 vagas, o workshop tem duração de duas horas. Inscrições pelo email culturalmentesantista@gmail.com.
.
A 6ª edição do CulturalMente Santista ocorre entre os dias 8 e 10 de dezembro, no Centro de Cultura Patrícia Galvão, e tem como tema a Agenda 2030 da ONU. Mais informações no site www.culturalmentesantista.com.br e na página www.facebook.com/culturalmentesantista.

Cinema, teatro e dança neste fim de semana em Santos

Por Secult Santos
.
‘David Lynch – A Vida de um Artista’ chega ao Cine Arte
.
Em uma jornada íntima, o documentário ‘David Lynch – A Vida de um Artista’ narra os anos que formaram a vida do cineasta responsável por filmes como ‘O Homem Elefante’. ‘Eraserhead’, ‘Veludo Azul’ e ‘Cidade dos Sonhos’, além da cultuada série ‘Twin Peaks’.
.
Desde sua criação em uma pequena cidade até a vida nas ruas escuras de Filadélfia, acompanhamos Lynch, que traça os eventos principais para a sua formação. Em cartaz de quinta-feira (30) ao próximo dia 6. Sessões às 16h, 18h30 e 21h. Cine Arte Posto 4. Orla do Gonzaga, próximo ao Canal 3. Os ingressos custam R$ 1,50 (meia) e R$ 3,00. Classificação: 12 anos.
.
Trilogia Miyamoto Musashi continua na Cinemateca
.
A Cinemateca de Santos exibe o último filme da trilogia baseada no renomado romance ‘Musashi’, escrito por Eiji Yoshikawa e publicado em capítulos no Japão, em 1935, no jornal Asashi Shimbun: ‘Samurai III: Duelo na Ilha Ganryu’. Sábado (2). 20h. Rua Xavier de Toledo, 42. Gratuito.
.
‘O Pequeno Príncipe’ é dica no Coliseu 
.
A Academia Contra Passo apresenta espetáculo inspirado na obra do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry. Sexta-feira (1º), sábado (2) e domingo (3), às 20h30. Teatro Coliseu (R. Amador Bueno, 237). Ingressos de R$ 60 a R$ 160.
.
‘Moana – Um Show de Aventuras’ estará em dança no Municipal
.
Montado pela Engenharia da Dança, o espetáculo é inspirado no desenho produzido pelo Walt Disney Animation Studio. Ambientado na Polinésia antiga, se desdobra quando uma terrível maldição atinge a ilha onde vive Moana. Sessões: dias 6 e 7, às 20h, e dia 8 às 20h30. Teatro Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48). Entrada a R$ 80.
.
Domingo (3) traz ‘Corcunda de Notre Dame’
.
Com interpretação da Oficina de Atores de São Paulo – Pinheiros e do Grupo TECE de Teatro Experimental, o conto de Victor Hugo traz a história do corcunda que toca os sinos da Catedral de Notre Dame, em Paris.
.
Ao se apaixonar por uma cigana, ele deve enfrentar a ira de um juiz com más intenções e o julgamento da população. A adaptação e direção são de Niveo Diegues. Domingo (3). 15h. Teatro Guarany (Praça dos Andradas). Ingressos a R$ 40.

33º Sarau Caiçara – Arte e Gastronomia será no próximo sábado

Por Márcio Barreto
.
No próximo sábado (2/dez), às 19h30, acontece o 33º Sarau Caiçara – Arte e Gastronomia, a ser realizado no Capim Mascavo (Rua Euclides da Cunha, 170/Santos). O couvert artístico será de R$ 10. A apresentação e curadoria é de Márcio Barreto.
.
Realizado desde 2008, o sarau propõe um diálogo de continuidade e reflexão entre o ancestral e o contemporâneo, o local e o universal através do encontro entre o público, artistas e pesquisadores para celebrar e debater a cultura caiçara a partir da literatura, música, artes visuais e dança.
.
Com o coletivo Percutindo Mundos, Flávio Viegas Amoreira, Paulo Cezhar Luz, Maria José Goldschimidt, Caio Ferraz, Marcelo Ignacio e palco aberto ao público. No menu caiçara: tirinhas de mandioca e banana da terra fritas, pupunha assada com vinagrete, bolinho de falsa taioba, tapioca de coco com caju e suco de cidreira com limão.

6º CulturalMente Santista será realizado de 8 a 10 de dezembro

Por André Azenha
​.
Pela primeira vez, a cidade de Santos sediará um festival cultural que tem como sua temática principal o debate da Agenda 2030. O Culturalmente Santista – Fórum Cultural e Criativo de Santos, que nasceu em 2012 para fomentar a formação de público para a cultura por entender que a identidade cultural de uma região é essencial para o desenvolvimento da população local, sua relação no dia-a-dia e a evolução de cada um enquanto cidadão, e está presente no Calendário Oficial do município pela Lei 3.142, inova em sua 6ª edição promovendo o debate sobre o papel central da cultura e da criatividade como agentes propulsores do desenvolvimento sustentável na cidade para o atingimento dos 17 objetivos da Agenda 2030 da ONU.
.
Os 17 objetivos serão promovidos através de atividades diversificadas envolvendo Artesanato, Cinema, Design, Gastronomia, Música e Literatura e também discussão de políticas, através do debate que será promovido entre os Secretários de Cultura das cidades da região Metropolitana de Santos e do compartilhamento internacional de boas práticas, o que será feito através do Painel de Debates entre cinco Cidades Criativas Ibero Americanas que apresentarão boas práticas relativas aos Objetivos da Agenda 2030. Toda a programação é gratuita e ocorre de 8 a 10 de dezembro, ocupando o térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão (Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias).
.
ABERTURA:
.
Para iniciar com chave de ouro, na sexta-feira, 8 de dezembro, a partir das 19h30, no “queijo” localizado no térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão, acontecem shows de talentos da região: o músico Rogério Baraquet, acompanhado por sua banda, apresenta o repertório que mescla seus mais de 30 anos de carreira, inclusive as canções do recém lançado álbum “Consequências”. A noite também terá show da banda Cigarra Elétrica, que tocará especialmente com a cantora Carla Mariani, levando ao público um set list autoral calcado em jazz e blues.
.
INTERCÂMBIO CULTURAL:
 .
Tendo em vista o tema desta edição e o fato de Santos contar com um selo de Cidade Criativa em Cinema, da Unesco, o Festival promoverá um debate entre quatro cidades criativas – Santos, Brasil (Cinema), Denia, Espanha (Gastronomia), Óbidos, Portugal (Literatura) e Duran, Equadro (Artesanato). Estas cidades compartilharão boas práticas de cultura e criatividade no desenvolvimento da Agenda 2030 da ONU. Será realizado através de transmissão ao vivo, na sala de projeção do Museu da Imagem e do Som de Santos, a partir de cada cidade ibero americana. Domingo, 10 de dezembro, 15h30.
.
FEIRA CULTURAL E CRIATIVA:
 .
Com objetivo de estimular a sustentabilidade e o empreendedorismo artístico regional, o CulturalMente Santista realiza sua primeira feira cultural e criativa. Serão cerca de 30 expositores, entre artistas que poderão vender seus livros, quadrinhos, CDs, DVDs, artesanato, artes visuais. Haverá também food bikes e estandes com gastronomia criativa. A feira funcionará sempre no horário do evento.
 .
OFICINAS FORMATIVAS:
.
>> “A que câmera que dança” será ministrada por Eduardo Ferreira. 
A oficina utilizará estratégias da dança combinadas com movimentos de câmera e exercícios destinados a introduzir e desenvolver a prática de videodança, proporcionando recursos para tratar a câmera como extensão do corpo que dança. Será trabalhada a dança com e sem a câmera, explorando a coreografia e movimento através de partituras, bem como modos de filmar, através da improvisação, utilizada como estratégia para desenvolver habilidades de enquadramento e movimento de câmera. São 30 vagas e as inscrições gratuitas podem ser feitas no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfLrXvyFfUdR6dOQvhpZuOAJoYHNhHn_ronmwwbuj4YE_h9MA/viewform?usp=sf_link.
.
>> “Os Fios da Narrativa”, com Camila Genaro
A oficina será realizada no sábado, 9 de dezembro, 16h30, e tem duração de duas horas. Serão abordados: A importância da seleção dos textos de acordo com a faixa etária do público; Diferenças entre contar e ler uma história;  Os objetos na arte de contar histórias; Aproximação das técnicas de contação; Preparação de uma sessão de histórias;  Estudar a história; Sentir a história  Ter domínio completo sobre o texto;  Acreditar na história; O Olhar; A Voz do Contador de histórias; Expressão corporal; Dinâmicas sobre a prática da contação. Público: professores, educadores, bibliotecários e interessados na arte de contar história. Inscrições: culturalmentesantista@gmail.com. 20 vagas.
 .
ESPETÁCULO:
 .
No domingo (10), também 16h30, Camila Genaro apresenta o espetáculo “Dentro do Mar tem Rio… e Histórias!”.  Os rios que antigamente cortavam a cidade de Santos escondem, até hoje, histórias que desembocam no mar. São esses contos que a contadora de histórias Camila Genaro, acompanhada da Banda MusiContando, apresentará neste novo espetáculo narrativo. Duração de 50 minutos.
 .
BATE-PAPOS:
 .
Como é tradição no CulturalMente Santista, não faltarão bate-papos culturais. No sábado, 9 de dezembro, 14h, acontece o encontro dos Secretários Municipais de Cultura da Baixada Santista e um representante da AGEM, Agência Metropolitana, repetindo a reflexão realizada no ano anterior. A mediação será da jornalista Nara Assunção.
 .
A agenda terá ainda bate-papos sobre “A Representatividade da Mulher na Cultura”, “Eventos Culturais em Ascensão”, “Crowdfunding”, “O que é cultura, afinal?”, tendo em vista os cancelamentos de exposições no Brasil, debate sobre filmes que retratam momentos históricos de Santos (incluindo as exibições dos curtas), palestra sobre “Desperdício de Alimentos”, entre outros temas. Os horários serão anunciados em breve.
  .
Serviço:
6º CulturalMente Santista – Fórum Cultural e Criativo de Santos
8 a 10 de dezembro (sexta a domingo)
Abertura: Sexta-feira, 8 de dezembro, 18h30 (início dos shows às 19h30
Sábado, 9 de dezembro, 11h às 19h
Domingo, 10 de dezembro, 10h ás 18h
Centro de Cultura Patrícia Galvão – Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.

Escola de Bailado de Santos apresenta ‘Cabaret’ e ‘Balão Azul’

Por Secult Santos
.
Inspirado no musical ‘Cabaret’, dirigido por Bob Fosse e protagonizado por Lizza Minelli, o espetáculo homônimo, dirigido e coreografado por Renata Pacheco, tem participação de alunos do 5º ao 8º ano da Escola de Bailado Municipal de Santos (EBMS), dos Corpos de Baile da escola e do Balé da Cidade de Santos. A apresentação também traz as Formandas 2017 da EBMS. Dias 15 e 17 de dezembro. 21h. Teatro Municipal Braz Cubas. 2º piso do Centro de Cultura Patrícia Galvão. Av. Senador Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias.
.
‘Balão Azul’
.
O espetáculo ‘Balão Azul’, da Escola de Bailado Municipal de Santos (EBMS), reúne os alunos do 1º ao 4º ano, dos Corpos de Baile e do Balé da Cidade de Santos. A direção e a coreografia são assinadas por Renata Pacheco, diretora artística da EBMS. Dias 16 e 17 de dezembro. 18h30. Teatro Municipal Braz Cubas.
.
Em ambos os eventos, os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 40,00. As vendas ocorrem no site www.compreingressos.com, no quiosque Compre Ingressos (3º piso do Miramar Shopping) e na bilheteria do Teatro Municipal, de terça-feira a sábado, das 14h às 19h. Informações: telefones 4062-0177 e 3226-8000.

Porto Martí recebe ‘Navios Iluminados’ neste próximo sábado

Por Associação Cultural José Martí
.
Lançado em dezembro de 1937 pela prestigiosa editora José Olympio, o romance “Navios Iluminados”, do escritor e médico Ranulfo Prata, conta a história do migrante José Severino de Jesus em busca de ocupação como estivador no Porto de Santos.
.
Para comemorar os 80 anos dessa obra que deu início ao ciclo do romance portuário, a Associação Cultural José Martí promove o evento “Porto Martí recebe Navios Iluminados”, com uma conversa sobre a importância do livro na Literatura Brasileira e como a obra mostra a cidade de Santos e suas relações com o Porto, bem como a vida dos trabalhadores portuários entre os anos 20 e 30 no bairro portuário do Macuco.
.
O evento será neste sábado (2/dez), às 18 horas, na sede da associação (Rua Joaquim Távora, 217/Santos). A conversa será conduzida pelo jornalista e mestre em História Social Alessandro Atanes, autor da dissertação “História e Literatura no Porto de Santos: o romance de identidade portuária ‘Navios Iluminados’” (USP, 2008).
.
Com cinco edições lançadas, sendo a mais recente em 2015 pela Edusp, o livro foi traduzido para o espanhol e publicado em Buenos Aires em 1940. Participam do encontro o ator Luiz Peres, recitando trechos do romance, e o escritor Flávio Viegas Amoreira, além da apresentação “Pies para qué los tengo”, com a criadora em dança Jeanice Ferreira, acompanhada pelo próprio Atanes , também guitarrista.